Serra, 22 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

O Nó da Gravata

por Conceição Nascimento

Serra, 26 de Janeiro de 2018 às 8:44

Rede em apuros


Com o projeto da Rede rodeado de dúvidas em nível nacional, observa-se um reflexo disso nos estados. Aqui no ES, lideranças políticas da Rede, admitem que o partido vem tentando filiar pessoas, mas vem sofrendo com a dificuldade de convencimento, motivado por uma insegurança sobre o sucesso do partido e o fato de ainda não ter deslanchado. Com isso, é possível que a Rede tenha que trabalhar em duas frentes. Continuar nessa saga na tentativa de filiações e segurar quem já está dentro. Essa semana mesmo, fortes especulações deram conta de um interesse do deputado estadual Marcos Bruno, de deixar o partido. Questionado sobre isso, o deputado negou que vá sair do partido, mas admitiu que houve um conversa com o prefeito para “alinhar os ponteiros”.

Comunidade envergonhada
Um grupo de moradores do bairro Feu Rosa, insatisfeitos com o vereador da comunidade, Geraldinho Feu Rosa (PSB), resolveu se reunir semanalmente para tentar articular melhorias para o bairro. Segundo eles, o vereador não tem “condições de ocupar uma função que exige decoro, postura pública e ética” e ameaçam ingressar no Ministério Público alegando “insanidade mental” de Geraldinho, além de provocar “vexame público para a comunidade”. Este vereador é o mesmo que deitou dentro de um caixão, em frente à unidade de saúde de Feu Rosa, após o prefeito Audifax exonerar um de seus aliados que trabalhavam na unidade. No período de natal, Geraldinho Feu Rosa, subiu em cima de um fusca rosa, vestido com um terno rosa e um gorro de papai Noel, distribuindo acenos para a população.

Comunidade orgulhosa
As reuniões do grupo de Feu Rosa, além da briga com o vereador Geraldinho, estão ficando cada vez mais cheias. Tem inclusive comparecido servidores do alto escalão da prefeitura para compor os debates. Já estiveram presente o secretário de Saúde Benício Santos e o de Serviços, Guto Lorenzoni (PP). Segundo o grupo, por conta dessas reuniões, já foi conseguido para a comunidade, um carro-fumacê, operação tapa-buracos, capina, pintura dos meios-fios e outros.

Banho-maria cultural
Artistas e pessoas do meio cultural estão revoltados com a secretaria de Turismo, Sandra Gomes (Rede). Isso porque, nos anos de 2016 e 2017 a prefeitura não abriu edital para a Lei Chico Prego, que trata de incentivo cultural. E para piorar, os recursos provenientes do edital de 2015, ainda não foram quitados. Segundo eles, a secretária vem tratando o caso a banho-maria e não tem dado nenhuma posição efetiva para resolver o impasse. Eles ameaçam ainda ingressar no Ministério Público, por se tratar do descumprimento de uma lei municipal.

Agonia da PPP do lixo
A poucos dias de fevereiro, a Prefeitura da Serra parece que desistiu de vez em promover alguma Parceria Público-Privada (PPP), pelo menos em 2018. Isso porque, exatamente em fevereiro desse ano era a estimativa inicial do município, para pôr em operação a PPP dos resíduos sólidos. Projeto que nem sequer foi para o papel. Desde agosto de 2017, as reuniões do conselho gestor caminham em ritmo agonizante. E não foi feito nenhum encaminhamento expressivo desde então. Para completar, Gustavo De Biase, presidente do Conselho Gestor, que em tese seria responsável por guiar os processos, pediu exoneração temporária do cargo e foi para São Paulo participar de um evento político, intitulado, Movimento Renova.




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por