21.8 C
Serra
segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Eleições na Serra | Confira os bastidores na coluna ‘O Nó da Gravata’

Leia também

Empresas abrem vagas de emprego com preferência para moradores da Serra

A semana começa recheada de oportunidades de emprego para quem mora na Serra e também em outras cidades da...

Serra ultrapassa os 19 mil casos confirmados e já possui 532 mortos por Covid-19

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste...

Ao oficializar em cartório a não-reeleição, Vandinho cita prefeito de Colatina: “se tornou referência”

Desde que anunciou oficialmente que não vai disputar a reeleição - caso seja eleito prefeito da Serra, o candidato...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Câmara da Serra. Foto: Gabriel Almeida

Guerra de números

Nesta reta final de convenções partidárias, para a escolha dos candidatos a prefeito, vice e vereadores, o que não faltam são pesquisas de intenções de votos, que somados passam de 100%, fora os índices de brancos, nulos e que não sabem em quem votos. Aí, com certeza, chega aos 150%. Ou seja, a conta não fecha.

Guerra de números 2

Os pre-candidatos são: Fernanda Souza (PT), Bruno Lamas (PSB), Sérgio Vidigal (PDT), Vandinho Leite (PSDB), Luciana Malini (PP), Alexandre Xambinho (PL), Fábio Duarte (Rede), Gustavo Peixoto (Pros) e Gracimeri Gaviorno (PSC).

Tem percentual de intenções de votos para todo gosto, de acordo com a vontade e interesse de cada candidato. Só não se sabe o que verdade e o que é mentira e vice-versa.

Tem 46% para um candidato, 23% para outro, 13%, 10%, 7%, 6%, 5%, 4% e 2%. Só aqui já somam 116%. Ninguém cita os percentuais de brancos, nulos e os indecisos. A conclusão é a de que alguém está vendendo ilusão.

Água no barco dos Republicanos

Com a desistência de Amaro Neto disputar a eleição para prefeito, o seu partido, o Republicanos vive dias de completa incerteza.

A chapa de candidatos a vereador é composta por pessoas da relação do prefeito Audifax, que quer o partido apoiando Fábio Duarte. Mas o partido está na conta de outro candidato, Alexandre Xambinho e tem ainda o sempre polêmico Mauro Luiz que colocou o seu nome à disposição do partido para ser o candidato a prefeito.

Os candidatos a vereador temem um esvaziamento da chapa e em função disso não conseguirem alcançar o coeficiente eleitoral.

Festival de candidatos

É possível que a Serra venha a ter entre 700 a 800 candidatos a vereador nessa eleição. São 23 vagas na Câmara e a legislação permite até uma vez e meia o número de candidatos por partido, que dá 35. De 20 a 23 siglas devem participar da eleição, todas planejando lançar chapa completa.

Caso confirme esse prognóstico, serão em torno de 31 candidatos por vaga. Um verdadeiro vestibular.

DA REDAÇÃO: A coluna ‘O Nó da Gravata’ é assinada pela repórter de política, Maria Nascimento, mas neste texto, contou com a colaboração de Eci Scardni. 

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Mais notícias

Serra ultrapassa os 19 mil casos confirmados e já possui 532 mortos por Covid-19

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de 19 mil moradores...

Ao oficializar em cartório a não-reeleição, Vandinho cita prefeito de Colatina: “se tornou referência”

Desde que anunciou oficialmente que não vai disputar a reeleição - caso seja eleito prefeito da Serra, o candidato Vandinho Leite (PSDB) tem sido...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!