27.3 C
Serra
domingo, 12 de julho de 2020

Procrastinada, Parada, meio Póstuma…

Leia também

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Depois de anunciar com pompa à lei que regulamenta o uso de Parceria Público-Privada (PPP’s) na Serra, a prefeitura nem sequer deu início as reuniões, que já eram para estar acontecendo há mais de 2 meses atrás. Além disso, as PPP’s não estão contempladas de forma clara nas peças orçamentárias do município. Para se ter ideia, a prefeitura afirmou que a intenção era implantar um PPP na área de coleta e tratamento de lixo até fevereiro de 2018, mas no Plano PluriAnual já aprovado pela Câmara, prevê um gasto de cerca de R$ 350 milhões com tais serviços pelos próximos 4 anos, sendo que de 2018 há 2021, o gasto anual seguirá subindo consideravelmente. Mesmo que o PPA não seja impositivo, não há previsão de PPP. Já na Lei Orçamentária de 2018, que tramita no Legislativo, não há sequer uma menção a investimentos provenientes de PPP’s. No mínimo estranho viu?

Flávio, o jogador

Depois de se colocar como pré-candidato a deputado federal em 2018 e desenhar uma filiação ao partido UDN, que pode ser refundado até abril de 2018, Flávio Serri, atual presidente municipal do PSD vem sendo sondado por muitas legendas. Entre elas, o PTC e o PSB, que vem intensificando as propostas para filiar Serri. O PTC pode ser um caminho natural, já que assim como Flávio, o partido é aliado do prefeito Audifax e também do governador Paulo Hartung. Perguntado sobre a futura candidatura, Serri diz que está “100% certo” e que o cenário é propício, já que até então “apenas Vidigal desponta como um candidato a federal com forte projeção de votos na Serra” e assume o interesse de outras legendas em filiá-lo.

PDT de Audifax

O vereador Fábio Duarte (PDT) vem demonstrando grande insatisfação com a turma do PDT da Serra. Isso porque, a legenda vem questionando Fábio sobre a proximidade entre ele e o prefeito Audifax. Partidários afirmam que essa aproximação vai em desacordo com a sigla, já que o PDT, do deputado Sérgio Vidigal, é o principal partido de oposição a Audifax. Fábio vem dizendo nos bastidores que sofre uma tentativa de ingerência por parte do PDT em seu mandato de vereador, e que a proximidade com o prefeito é republicana. Recentemente mais um episódio contribuiu para esse distanciamento. Fábio teria sido barrado numa tentativa de visitar Vidigal, dias após um acidente de carro que envolveu o deputado. Quem barrou o vereador foi a atual presidente do PDT da Serra e esposa de Vidigal, Sueli Vidigal.

Xô Xambinho, a multa é minha

O prefeito da Serra Audifax Barcelos (Rede) vetou o projeto de lei 43/2017, que prevê a possibilidade de parcelamento de multa de trânsito aplicado pelo município. O projeto é de autoria do vereador aliado Alexandre Xambinho (Rede). No parecer da Procuradoria, argumenta-se vício de competência, baseando-se na violação do artigo 22, XI da Constituição Federal que relaciona “trânsito e transporte” como competência para União legislar. Já nos bastidores, afirma-se que o veto deve-se a necessidade de arrecadação por parte da prefeitura, da qual o prefeito não quis abrir mão. O veto já foi devolvido a Câmara e os vereadores devem votar pela sua manutenção ou não, nos próximos dias.

 “Brasil está desejando o Paulo”

O prefeito da Serra Audifax Barcelos (Rede) vem buscando uma aproximação política com o governador Paulo Hartung (PMDB). A última “indireta” foi durante a inauguração do sistema de abastecimento de água de Reis Magos, na última quinta-feira (26). Ao microfone o prefeito iniciou seu pronunciamento relacionando a obra com questões de “sustentabilidade” e aumento na “rede de captação de água”. Audifax então virou para o governador e disse: “com esse negócio de sustentabilidade e rede, espero que o governador esteja pensando em nós, a Rede Sustentabilidade”. A galera caiu na gargalhada, inclusive o próprio Hartung. Além desse trocadilho, o prefeito rasgou elogios para a gestão do governador, chegando a dizer que o “Brasil está desejando o Paulo”.

Governador pede palmas para Sérgio

Logo após a fala do prefeito Audifax, subiu ao microfone o governador Paulo Hartung. Hartung agradeceu todos os presentes, e elogiou a gestão de Audifax. Curioso é que após isso, Hartung lembrou do deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) e pediu uma salva de palmas para o ex-prefeito da Serra, que nem sequer estava presente no evento. Segundo o vereador Nacib Haddad (PDT), que representou oficialmente Vidigal, o deputado não pode estar presente, pois estava em Brasília. Hartung também fez referência a outras lideranças da Serra, como o deputado estadual Jamir Malini (PP) e o secretário de estado Vandinho Leite (PSDB), que estavam presentes. Já o deputado Bruno Lamas (PSB), que não foi ao evento, não foi citado.

 Neidia e Nacib bem tensos

Na última quarta-feira (25) o clima voltou a esquentar na Câmara da Serra. Após uma discussão sobre um projeto que versa sobre a ampliação do Parque da Cidade, o vereador Nacib Haddad (PDT) e a presidente Neidia Maura (PSD) deram início a um bate boca, o clima foi esquentando até que Nacib se levantou e seguiu em direção à saída do plenário. Foi neste momento que Neidia começou a gritar e acusar Nacib de ter proferido um palavrão de baixo calão contra ela. Não dá para ouvir no áudio da gravação, se Nacib realmente fez isso, fato é que Neidia chegou a chorar em plenário e logo após, prestou queixa na delegacia contra Nacib. Os vereadores têm evitado tocar no assunto, mas este é mais um capítulo do forte clima de rivalidade que tomou a Câmara desde a eleição da Mesa Diretora em janeiro deste ano.

Comentários

Mais notícias

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para todos os moradores da Serra. ...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!