No meu e no seu

0

Sobre as críticas de Paulo Hartung (PMDB) ao projeto de lei do orçamento estadual que tramita na Assembleia Legislativa, Casagrande disse que foi eleborado por técnicos que trabalharam nos governos anteriores de Hartung e que permaneceram na gestão do socialista. “São técnicos competentes. Ele sabe que eu tenho responsabilidade, rebateu Casagrande. Em tempo:  o ex-governador assumiu a presidência da Fundação João Mangabeira na terça-feira (6).

Artilheiro em baixa

Nas últimas horas de seu governo, Renato Casagrande (PSB) inaugurou um campo Bom de Bola, em Castelo. Com um chute a gol, o então governador fez um breve discurso explicando que aquele era o milésimo da sua trajetória. “Assim como fez Romário, estou contando desde os gols que fiz quando ainda jogava nos times de pelada, no distrito de Povoação”, contou.

De corpo e alma

O coronel da reserva, Nivaldo Campos só não é serrano de nascimento, mas de corpo e alma sim. Ele reside no município desde 1978, quando chegou com os pais e irmãos em Laranjeiras, sendo um dos primeiros moradores do bairro. Ali cresceu, foi para a Polícia Militar, virou oficial, foi secretário de Justiça no governo José Ignácio Ferreira e parte do governo de Paulo Hartung. No próprio governo de Hartung foi secretário de Segurança e também da Casa Militar. Com a volta de PH ao comando do Estado, Nivaldo foi novamente convocado para compor o 1º escalão do Governo, como secretário da Casa Militar.

Fura-fila

 

A relação entre o ex-prefeito da Serra Sérgio Vidigal e o Governador Hartung parece estar em lua de mel. Na solenidade de posse, onde diversas autoridades estavam na fila para saudar o novo chefe do governo capixaba, o ex-prefeito acompanhado de sua esposa, a deputada federal Suely Vidigal, não quis saber de protocolos: cortou fila e abraçou Hartung. Enquanto isso o prefeito de Cariacica, Juninho (PPS) e sua namorada miss eram espremidos na fila por sindicalistas e sofriam com o calorão.

Sem logo

O Governo do Espírito Santo decretou o fim do uso de logomarcas na atual gestão. A medida foi anunciada pelo governador Paulo Hartung, durante a cerimônia de posse do secretário de Estado de Controle e Transparência, Marcelo Zenkner, realizada nesta terça-feira (06), no Palácio Anchieta, em Vitória. e a imagem para identificação do Governo Estadual será o brasão oficial. “Desafio as demais Prefeituras do Estado a copiarem essa boa e responsável prática”, instiga Hartung.

Fechando a torneira

De cara Hartung já suspendeu a realização de licitações para contratação de obras e serviços de engenharia e contratações de parcerias público-privadas pelos próximos 60 dias. Assim como a realização de eventos, solenidades, homenagens e contratação de serviços de coffe-break. Os gastos com funcionários comissionados e em designação temporária também serão cortados em, no mínimo, 20%, assim como o corte de viagens, diárias, horas extras e demais custos.

 

 

 

 

Comentários