24.1 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Galinhão dá posse

Leia também

Prefeitura da Serra fecha hotel para cuidar de idosos com covid-19

Mais uma ação de combate ao novo coronavírus. A Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria Municipal de Assistência...

Auxiliares e técnicos de enfermagem do Jayme Santos decidem entrar em greve a partir da terça-feira

Auxiliares e Técnicos em Enfermagem dos Hospitais Jayme Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, na Serra, quedque é referência...

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O prefeito reeleito da Serra, Audifax Barcelos (Rede), a vice, Márcia Lamas e os 23 vereadores eleitos da Serra tomam posse no dia 1º de janeiro, no Plenário da Câmara da Serra, para o quadriênio 2017 2020. O evento terá início às 16h. O vereador mais votado, Adriano Vasconcelos Rego (PTC), o Adriano Galinhão, que obteve 4.837 votos nas eleições do dia 2 de outubro, presidirá a sessão.

Terceiro Turno

Segundo informações da assessoria legislativa da Câmara da Serra, os primeiros a serem empossados serão os vereadores. Logo após o ato, Galinhão deve suspender a sessão e, em seguida, passará a conduzir a eleição da nova Mesa Diretora da Casa, convocando as chapas inscritas para o biênio 2017-2018. Tudo indica que deve haver duas chapas, uma composta por aliados de Audifax e outra por vereadores de oposição, o chamado grupo dos 12.

Desafetos empossando

Com a eleição terminada, o presidente recém-eleito da Mesa é quem dará posse ao prefeito e à vice-prefeita. Lembrando que a conjuntura política indica que o presidente tem forte chance de vir do grupo de oposição ao prefeito. Alguns desafetos de Audifax estão entre os cotados para assumir a presidência, como Nacib Haddad (PDT); Basílio da Saúde (Pros) e Neidia Maura (PSD), atual mandatária da casa.

Galinhão zen

Apesar do clima de polarização entre os dois grupos formados na Câmara da Serra, com 12 vereadores de oposição e 11 da base do prefeito Audifax, o vereador novato, Adriano Galinhão aposta em uma sessão tranquila. “Acho que a escolha da Mesa será tranquila. A função do vereador é legislar e fiscalizar, é o primeiro intercambio entre a população e o poder público”, disse.

Segue o ritual

Após a posse da nova Mesa e do prefeito e vice, a sessão é novamente suspensa. Em seguida, é iniciada a escolha dos membros e presidentes das comissões permanentes da Câmara. Segundo informações da assessoria da Câmara, a previsão é de que todo o processo dure aproximadamente duas horas.

Fora de área

Para evitar surpresas até lá, os vereadores do grupo dos 12, que tem a maioria dos votos, devem ficar sem seus celulares. Informações dos bastidores da casas dão conta de que os dozes parlamentares entregaram seus celulares à uma pessoa ligada ao grupo e apenas ligações de familiares devem ser repassadas aos vereadores. Essa seria mais uma tática do grupo para reforçar a blindagem ante o forte assédio dos interlocutores de Audifax, que tentam levar pelo menos um nome para o outro lado.

Velhas caras novas

Tomam posse na próxima segunda-feira (2), em sessão solene na Assembleia Legislativa, os suplentes JamirMalini (PP), José Esmeraldo e Esmael Almeida (ambos PMDB). Eles assumem as vagas dos prefeitos eleitos Cacau Lorenzoni (PP-Marechal Floriano), Edson Magalhães (PSD-Guarapari) e GuerinoZanon (PMDB-Linhares), que serão empossados como prefeitos de suas respectivas cidades no domingo (1). A posse dos novos membros do Legislativo capixaba acontece às 9h, no Plenário Dirceu Cardoso. Lembrando que todos eles já tiveram mandato na Assembleia.

Serra com dois

Malini será o reforço para a bancada da Serra a partir de 2017. É a segunda vez que assume uma das cadeiras da Casa. Em 2012, renunciou à cadeira de vereador da Serra para assumir a vaga de deputado do então prefeito eleito de São Gabriel da Palha, Henrique Vargas (PRP). Jamir recebeu 11.600 votos em 2014, sendo o primeiro suplente da coligação PTN/PSL/PTdoB/PP/PTB. Com Malini a Serra fica com dois deputados estaduais, o outro é Bruno Lamas (PSB).

 

Comentários

Mais notícias

Auxiliares e técnicos de enfermagem do Jayme Santos decidem entrar em greve a partir da terça-feira

Auxiliares e Técnicos em Enfermagem dos Hospitais Jayme Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, na Serra, quedque é referência no tratamento da Covid-19 no...

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o líder comunitário local, Anderson Muniz....

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!