Aos 45 do 2º tempo

0

Na última semana para que pré-candidatos às eleições de 2016 filiem-se a partidos políticos ou troquem de legendas, especulou-se nos corredores da Câmara da Serra que quatro dos 23 vereadores podem buscar abrigo em partidos que lhes garantam condições para a reeleição. Pré-candidatos têm até sábado para decidir o partido onde pretendem disputar as eleições municipais, em dois de outubro, para prefeito e vereador.

Pesadões

Duas legendas são vistas como pesadas: Rede e PMDB, com quatro vereadores cada. Conforme levantamento feito pela reportagem, estavam cotados para trocar de legenda os vereadores Aldair Xavier (que recentemente deixou o PTB), Jorge Silva, Boy do INSS e Toninho Silva (todos PMDB). Colegas do plenário davam como certo que estes parlamentares buscariam partidos mais alinhados com o ex-prefeito Sérgio Vidigal (PDT). As conversas estariam sendo realizadas com o ex-prefeito entre esta quinta-feira (31) e sexta (1) de abril.

‘New’ PDT

 “Estou de malas prontas para ingressar no PDT, devo me filiar na sexta-feira (1). Indo com o objetivo de somar e ajudar a construir um novo projeto para a Serra”, disse Aldair Xavier, que recentemente deixou o PTB.

Recuo

Lideranças do PMDB se reuniram na manhã desta quinta-feira (31), quando alguns vereadores expressaram o desejo de sair do partido. Mas ao final do encontro, aparentemente, recuaram.

Dia do fico

 “Continuarei no PMDB. Tivemos uma reunião e eu conversei com Moreira (vereador Luiz Carlos Moreira-presidente municipal da legenda). Não vou sair, e nem o vereador Jorjão”, disse Toninho Silva, que foi eleito pelo DEM e migrou para o PMDB no ano passado.

É ‘fake’

Já Boy negou que tenha intenção de trocar de legenda. “Não tenho por que sair do PMDB. Esta informação é falsa”, resumiu ele.

Tá na Rede é peixe

Também houveram especulações sobre a saída de vereadores da Rede, com receio de não obter coeficiente para a reeleição de quatro: Rodrigo Caldeira, Cézar Nunes, Alexandre Xambinho e Auredir Pimentel. “Ficarei na Rede”, resumiu Xambinho. Auredir também confirmou que fica na Rede Sustentabilidade.

 

Comentários