25.3 C
Serra
quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Um exemplo patético da falta de planejamento

Leia também

Serra poderá ganhar mais uma vaga na Assembleia Legislativa

O resultado da eleição 2020 impactou na composição da Assembleia Legislativa. E com as mudanças a Serra pode alcançar...

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Está em vigor, a partir de hoje (1º), a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que restabelece os prazos...

Matrículas abertas para novos alunos em creches da Serra

A pandemia causada pelo coronavírus fez com que todas as cidades brasileiras suspendessem as aulas presenciais. Mesmo assim, as...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Patético. Não há adjetivo melhor para definir o que está acontecendo nas ruas do bairro de José de Anchieta, onde o asfalto está sendo quebrado para implantação de rede de esgoto, cerca de dois meses após receber reforma na pavimentação e nova sinalização. Um exemplo cabal da falta de planejamento e diálogo entre o município e o consórcio de saneamento Serra Ambiental, que opera com Parceria Público Privada (PPP) sob supervisão da Cesan.

A rede de esgoto é pra lá de necessária. Mas antes de reformar e sinalizar vias, a Prefeitura deveria checar o cronograma de obras de implantação da rede. Esse cronograma está previsto no contrato de concessão da PPP. Do mesmo jeito que o Serra Ambiental e a Cesan devem estar em permanente comunicação com a administração municipal.

Isso evitaria o desperdício de dinheiro público, destruindo um asfalto e sinalização novos, para implantar um remendo que nunca terá a qualidade do piso original. Aliás, a má qualidade desses remendos são uma das maiores reclamações da população. Melhorá-los também está previsto no contrato de concessão da PPP, assim como da qualidade do esgoto tratado. Por hora, resta à sociedade pagar a conta (cada vez mais caras com seus impostos e taxas) da incompetência na gestão dos serviços públicos.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Audifômetro: faltam 30 dias para o fim do governo Audifax na Serra
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!