• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
30.2 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados

Problemas no Parque da Cidade incomodam frequentadores que cobram mais manutenção

Problemas ocorrem há meses e a Prefeitura da Serra promete que irá realizar manutenção no parque.

Leia também

Cesan é multada por fornecer água escura e com excesso de cloro na Serra

A Cesan foi autuada e multa por mandar água escura e com excesso de cloro para moradores da Serra...

Quase 97% dos pacientes infectados pelo coronavírus já estão curados na Serra

Apesar de sofrer um aumento significativo no número de casos confirmados de coronavírus nos últimos dias, a Serra está...

Empresas da Serra abrem 597 vagas de emprego para moradores nesta quinta

Empresas da Serra abriram, nesta quinta-feira (4), 597 vagas de emprego com preferência para moradores da cidade. As oportunidades...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Problemas sequenciais no Parque da Cidade, em Valparaíso, estão deixando frequentadores incomodados. De acordo com moradores da Serra que buscaram o TEMPO NOVO, os problemas vão desde matagal e acúmulo de sujeira; falta de manutenção na academia popular, incluindo ausência de álcool em gel para higienizar os aparelhos; e problemas na estrutura de brinquedo do parquinho.

O Parque da Cidade, que já possui 12 anos de existência, é um dos principais equipamentos públicos de lazer na Serra. De acordo com o morador de Valparaíso e frequentador assíduo do local, Bernardo Carneiro, de 28 anos, o problema de limpeza e poda da vegetação já está afetando a pista de caminhada.

“Faço exercícios no Parque da Cidade quatro vezes na semana em horário de pico às 18h, a vegetação está muito grande e invade a pista de caminhada, gerando problemas para os usuários, já que temos que nos apertar em apenas um lado da pista. São plantas e árvores que estão precisando de poda, é uma coisa simples, mas que atrapalha. Além disso, tenho visto sujeira no Parque”, disse o morador da Serra.

Além dele, outra frequentadora do local que entrou em contato com a reportagem através dos WhatsApp do TEMPO NOVO. Trata-se de Bárbara Lopes, de 30 anos. Ela reclamou da academia popular que funciona dentro do Parque da Cidade.

“Alguns equipamentos não funcionam e outros foram feitos algumas ‘gambiarras’ que podem representar risco para quem utiliza. Outra questão é que às vezes o frasco de álcool em gel que é disponibilizado está vazio, impossibilitando a higienização dos equipamentos. Quando isso acontece, eu não utilizo o espaço, pois fico com receio de pegar o novo coronavírus, pois sou do grupo de risco”, disse Bárbara Lopes que mora Chácara Parreiral.

Outra moradora da Serra, que buscou a reportagem foi Camila dos Santos. Ela tem 20 anos e mora em Jardim Limoeiro. Segundo a jovem, ela frequenta o Parque da Cidade nos finais de semana, com os sobrinhos Lucas de 6 anos e Vittienzo de 8 anos. Ela cobra manutenção nos brinquedos do parquinho e tem receio de ocorrer algum incidente. Camila ainda diz que os problemas já ocorrem há alguns meses.

“Tem muitas crianças nos fins de semana, e muitos brinquedos estão avariados. É o exemplo do balanço que foram feitas umas amarrações com as correntes que me parecem muito frágeis. Com certeza não suporta uma criança mais pesada. Outra questão é a corda do escorregador central, está toda rasgada. Por fim, a Prefeitura retirou a gangorra e deixou apenas os tocos. Vejo muitas crianças subindo nesses tocos já que não tem gangorra”, disse Camila.

Prefeitura promete melhorias

A Prefeitura da Serra foi acionada pela reportagem e prometeu, por meio de nota, enviar uma equipe da Secretaria de Serviços até o Parque da Cidade para a realização de capina e reparo dos equipamentos.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!