21.8 C
Serra
quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Moradores da Serra registram quedas de energia e EDP culpa “ventos atípicos”

Leia também

Mundial Sub-17: seleções seguem treinando na Serra | Veja vídeo

A Serra está sendo o Centro de Treinamento (CT’s) de doze seleções que disputarão o Mundial Sub-17 da Fifa....

Governo Federal “desmonta” assistência social e pobreza avança, denuncia secretário

Parte II, Bloco Assistência Social Veja a Parte I da entrevista: Eleição 2020 A frente da Secretária de Trabalho, Assistência e...

Banestes diz que não vai fechar agência em Nova Almeida, mas comunidade teme desinvestimento

Já foram afixadas placas na Agência do Banestes em Nova Almeida, informando aos clientes que a unidade vai sofrer...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

EDP afirma que “ventos atípicos” são os culpados pelas quedas. Foto: Divulgação

Moradores de diversos bairros da Serra estão reclamando de ‘piques’ de energia que vem acontecendo desde a noite do último domingo (22). Em Chácara Parreiral, uma popular afirma que a queda de energia acabou estragando um eletrodoméstico de sua residência. Segundo a EDP Espírito Santo, o problema acontece por conta da forte ventania que está atingindo a cidade.

O TEMPO NOVO recebeu reclamações de moradores dos bairros: Serra Dourada II, Novo Porto Canoa, José de Anchieta I, II e II, Parque Residencial Laranjeiras e Chácara Parreiral. Segundo os moradores, antes de cair totalmente, a energia fica indo e voltando, o que tem preocupado os serranos, já que algum eletrodoméstico pode estragar ou até queimar.

A moradora de Chácara Parreiral, Patrícia Montay, afirma que sua geladeira queimou por conta dos piques de energia que estão acontecendo. “Na minha comunidade, a energia acabou as 22h30 e só voltou hoje pela manhã. Mas antes disso, ocorreram vários piques e minha geladeira queimou”, relata a popular.

Em Residencial Vista do Mestre, região de Laranjeiras Velha, as quedas também estão preocupando os moradores. “Moro num condomínio e já faltou energia umas três vezes desde a noite de ontem. Estou com medo de algum eletrodoméstico meu pifar por conta disso”, afirma Sarah Tavares.

De José de Anchieta II, Margarida Couto, também reclama da situação. “Nós pagamos caro a conta de energia e ainda temos que lidar com esta situação. Faltou energia hoje pela manhã e ontem a noite aqui onde moro. Sem falar dos piques que são constantes”, disse a moradora.

O que diz a EDP

O TEMPO NOVO entrou em contato com a EDP, que informou que as quedas de energia são por conta “dos ventos atípicos que chegaram a 80 km por hora na Serra”. Segundo a empresa, a rede elétrica sofreu diversos danos externos devido à projeção de galhos de árvores e objetos, causando falhas no fornecimento e alguns moradores puderam sentir piques de energia.

A EDP disse ainda que a “ocorrência registrada afetou pontualmente alguns clientes”. Segundo a concessionária, estas rápidas oscilações de energia são decorrentes da atuação do sistema de proteção da rede elétrica e acontecem por questão de segurança quando algum objeto encosta na fiação.

Sobre a moradora que afirmou que seu eletrodoméstico queimou por conta das quedas, a EDP disse que as regras que prevê ressarcimento em caso de danificações em equipamentos elétricos são definidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Disse ainda que os moradores podem realizar este tipo de pedido através do site. O pedido também pode ser realizado pessoalmente nas Agências de Atendimento ou pela Central de Atendimento, no telefone 0800 721 0707.

Mais notícias

video

Mundial Sub-17: seleções seguem treinando na Serra | Veja vídeo

A Serra está sendo o Centro de Treinamento (CT’s) de doze seleções que disputarão o Mundial Sub-17 da Fifa....

Governo Federal “desmonta” assistência social e pobreza avança, denuncia secretário

Parte II, Bloco Assistência Social Veja a Parte I da entrevista: Eleição 2020 A frente da Secretária de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Bruno Lamas...

Banestes diz que não vai fechar agência em Nova Almeida, mas comunidade teme desinvestimento

Já foram afixadas placas na Agência do Banestes em Nova Almeida, informando aos clientes que a unidade vai sofrer mudanças. Na prática o banco...

Prefeitura faz demolição de casas em invasão na Serra

A invasão que persisti em continuar, na área de proteção ambiental, na Avenida Norte Sul, em Colina de Laranjeiras, sofreu mais um duro golpe...

Projeto abre mil vagas para cursos profissionalizantes

Está em casa desempregado e sem dinheiro para fazer um curso profissionalizante? Um projeto social da Serra, o Juventude Ativa, está com inscrições abertas...

Você também pode ler

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!