Lojas de rua e shoppings preparam promoções para a Black Friday

0
Consumidores na Avenida Central, em Laranjeiras: comércio da cidade espera que consumidor se anime com as promoções da Black Friday. Foto: Arquivo TN
Consumidores na Avenida Central, em Laranjeiras: comércio da cidade espera que consumidor se anime com as promoções da Black Friday. Foto: Arquivo TN

Ayanne Karoline

Num cenário de recessão econômica, datas especiais podem dar uma mão providencial ao comércio. É o caso da Black Friday, dia de promoção inventado nos Estados Unidos, que ganhou adesão em massa no Brasil, rendendo também ótimas pechinchas para o consumidor.

E na Serra não será diferente. Comerciantes de rua e shoppings vão aderir à campanha, que neste ano cai no próximo dia 25 de novembro, uma sexta-feira. É o caso da loja Jô Mais Fashion, que possui unidades em Porto Canoa e Planalto Serrano. A proprietária Jô Moura adianta que vai vender conjuntos e vestidos infantis por R$ 14,99 e berço americano por R$ 379,90. “Ano passado fizemos e atraímos muita gente”, lembra.

Já os shoppings da rede Sá Cavalcante na Serra (Montserrat e Mestre Álvaro) vão estender a promoção por três dias – 25 a 27 de novembro, com descontos de até 70%. A ideia, segundo o grupo, é que os clientes aproveitem o adiantamento da primeira parcela do 13º salário. Para isso, na sexta e sábado as lojas funcionarão das 10h às 22h; já no domingo, das 13h às 22h, sendo facultativa a abertura antes das 15h.

Entre as muitas ofertas à disposição do consumidor, no segmento de moda será possível encontrar, no Mestre Álvaro, sandália feminina, na loja Mr. Cat, de R$199,90 por R$79,90. Na loja Rabbit, todas as camisas estarão por um preço único de R$39,90. Os famosos tênis Vans (Happy Daze) serão encontrados na loja Bahamas, de R$330,90 por R$220,94. No Shopping Montserrat, a Marco Joias estará com um promoção especial de relógios Oriente com 50% de desconto.

O presidente da Fecomércio-ES, José Lino Sepulcri, explica que a Black Friday vem como mais uma oportunidade para lojistas recuperarem as vendas e baixarem seus estoques. E, por outro lado, os consumidores comprarem com melhor preço.

“Mesmo com um cenário de dificuldade da economia, baixa intenção de consumo das famílias e alto endividamento, iniciativas como essas só tem a contribuir. A intenção do comércio é que os consumidores adiantem as compras de Natal”, explicou Sepulcri.

Atenção nas compras online

Mais forte do que nas lojas físicas, a Black Friday é sucesso mais que consolidado nas lojas virtuais. Sites como Americanas.com, Casas Bahia, Submarino e Ricardo Eletro estão entre os preferidos dos consumidores.

O professor de artes marciais e morador de Jacaraípe, Diego Diniz, comprou recentemente dois pneus para carro pelo site da rede Wallmart – que está antecipando as promoções da Black Friday. Ele conta que economizou quase 40%. “Foi a primeira vez que participei e pesquisei a procedência antes de comprar, além de conferir ofertas de outras lojas”, contou.

Mas antes de sair comprando, é preciso atenção. O Procon-ES informou que muitas lojas se apropriam do nome Black Friday para aumentar as vendas e cometer fraudes como clonagem de sites ou roubo de dados do cartão de crédito. Uma dica é pesquisar as lojas credenciadas em www.blackfriday.com.br, observar o nome e endereço do site. Mais informações no site do Procon.

Comentários