Serra, 20 de julho de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Mestre Álvaro

por Eci Scardini

Serra, 27 de Abril de 2018 às 9:06

Êxito agora e risco no futuro


Por Bruno Lyra

Neste mês de abril a Serra sofreu bem menos transtornos, mesmo tendo recebido tanta chuva quanto Vila Velha, Vitória e Cariacica.  Aí o prefeito Audifax Barcelos (Rede) não perdeu tempo: fez questão de exaltar obras de drenagem feitas em seus mandatos, os quais atribuiu o ‘sucesso’ nesses dias de muita água não alcançado pelos colegas mandatários das cidades vizinhas.

Em parte é justo. Obras de drenagem foram feitas nos últimos anos e certamente ajudaram a amenizar os efeitos da chuvarada. Um delas, na avenida Central em Laranjeiras, coração comercial da cidade, evitou a repetição das cenas lamentáveis da água invadindo lojas.

A outra, de muito maior vulto, a dragagem e alargamento do rio Jacaraípe, na região mais problemática em termos de enchente da Serra. Vide o histórico dezembro de 2013. Neste caso, deste a dragagem, foi a maior sequência de chuvas. E passou no teste.

Porém, há de se lembrar do custo ambiental desta obra. Cerca de seis hectares devastados entre manguezais e matas ciliares. E mais: a salinização da lagoa Juara, o que junto com o esgoto, entre outros efeitos, ajudou a aniquilar a produção de tilápias em tanques rede no manancial.

Obras pontuais em outros bairros e regiões também ajudaram a amenizar o efeito dos alagamentos. Mas é difícil comparar a Serra com Vitória, Vila Velha e Cariacica neste quesito. O município serrano tem, de longe, uma favorável condição topográfica.

Grande parte de sua ocupação está em colinas suaves, diferente das vizinhas, construídas em grande parte nas beiras de rios, córregos, aterros sobre o mar ou dentro de brejos. A Serra é uma cidade mais planejada, desde os tempos dos conjuntos habitacionais da Cohab nos anos 1970. Boa parte dos fundos de vale, áreas alagadas e alagáveis ainda não é ocupada.

Mas as pressões sobre elas avançam, prova disso são as invasões incontroláveis ou mesmo as sucessivas tentativas de mudanças no PDM por interesse do mercado imobiliário para que sejam zonas de expansão urbana oficializadas. Se tal tendência persistir a Serra ficará cada vez mais com cara de Cariacica, Vitória e Vila Velha.




O que você acha ?

Como você avalia o primeiro semestre do governo Audifax?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por