• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.992 casos
  • 711 mortes
  • 34.605 curados
30 C
Serra
quarta-feira, 27 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.992 casos
  • 711 mortes
  • 34.605 curados

Entrega das chaves

Leia também

Reunião entre Vandinho e Coronel Ramalho confirma reforma de delegacia em Jacaraípe  

O problema na segurança é uma das principais queixas dos moradores da Grande Jacaraípe, na Serra. Embora seja um...

Empresa vence ‘queda de braço’ na Justiça e serranos poderão beber água infectada com lixo

A qualidade da água na região de Serra Sede já deixa a desejar e a situação poderá ficar ainda...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 

Cinco anos depois de promulgada a Constituição Brasileira houve o plebiscito entre parlamentarismo ou presidencialismo como forma de governo. E se monarquia em lugar da república.

Pois bem, as mesmas correntes políticas que se enfrentaram no debate constituinte, foram às ruas defender suas posições. Igualmente ao PDT que tinha Leonel Brizola candidato a presidir o Brasil, o PT defendia o presidencialismo, planejando eleger Lula e a ele delegar todos os poderes, na eleição de 1994.

Na defesa do parlamentarismo ergueram-se vozes da intelectualidade acadêmica, juristas, e partidários do PSB, PCB\PPS e do PSDB que sonhava as condições eleitorais do governador Mário Covas (SP) para o Palácio do Planalto.

O PMDB (como sempre) não se moveu na espreita dos fatos. E todos fecharam questão na república contra a monarquia. Venceu a república com presidencialismo. E de lá pra cá, Collor, Itamar, FHC, Lula e o primeiro governo de Dilma, desfrutaram os poderes presidenciais.

E não é que agora o pressionado governo petista entregou as chaves do governo para o triunvirato peemedebista? A presidenta jogou a toalha, e nomeou o Vice-presidente Michel Temer, coordenador político ou Primeiro Ministro da República, sustentado nos poderes de Renan Calheiro, presidente do Senado e Eduardo Cunha, presidente todo poderoso da Câmara Federal.

De sobra, a presidente e o PT ainda tem a Petrobras, Eletrobrás, BNDES, Instituto Resseguro, Banco do Brasil, Correios, CEF, Infraero, etc. Além da PF, MP, STF…

 

 

 

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.
Artigo anterior
Próximo artigoCurso de instalador residencial de graça

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!