22.3 C
Serra
quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Campo de R$ 1,9 milhão está com obras paradas

Leia também

“Vidigal expulsou vereadores do PDT para acomodar o filho na chapa para 2020”, denuncia Fábio Duarte

Após amargar a retirada do seu nome do quadro de filiados do PDT, o vereador Fabio Duarte (sem partido)...

Lideranças partidárias da Serra acham improvável a aliança PDT/Rede/PV/PSB nas eleições 2020

Lideranças partidárias do Espírito Santo acham pouco provável uma aliança entre Rede, PDT, PSB e PV, conforme declarou Ciro...

Capixabas participam da convenção do partido de Bolsonaro, em Brasília

Um grupo de capixabas está em Brasília para participar da primeira convenção do Aliança pelo Brasil, partido do presidente...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Uma placa instalada no local previa reforma do campo de futebol, urbanização do entorno e construção de piscina com vestiários no bairro Serra Dourada III. Foto: Divulgação Leitor TN
Uma placa instalada no local previa reforma do campo de futebol, urbanização do entorno e construção de piscina com vestiários no bairro Serra Dourada III. Foto: Divulgação Leitor TN

Por Gabriel Almeida

Obra paralisada. Assim está a reforma do campo de Serra Dourada III. A área que fica entre as Avenidas Salvador e São Paulo e atendia a população como local para lazer está servindo agora como abrigo para usuários de drogas.

Isso é o que afirma um  morador que não quis se identificar. “O campo já vai para o quarto ano em obras, entretanto sem resultado algum. O que temos são promessas e mais promessas, prazos e mais prazos e nenhum resultado aparente”, explica.

Outro morador que também não quis se identificar por medo de represálias disse que o local serve como ponto para usuários de drogas. “É triste ver um local onde por muito tempo aos finais de semana era ponto de encontro e referência da comunidade se perdendo como está. Crianças e jovens que antes dedicavam seu tempo em escolinhas trilhando o caminho das drogas”, afirma.

Sem prazo

A Prefeitura da Serra disse que a empresa contratada para executar as obras do campo de Serra Dourada III foi notificada pela fiscalização da Secretaria de Obras para a retomada das intervenções e que a reunião com representantes da empresa para ciência da paralisação e previsão de retomada da obra será realizada até o final deste mês.

A prefeitura ainda disse que somente depois serão tomadas as medidas cabíveis em contrato e que o valor do investimento é de R$ 1,9 milhão.

Comentários

Mais notícias

Lideranças partidárias da Serra acham improvável a aliança PDT/Rede/PV/PSB nas eleições 2020

Lideranças partidárias do Espírito Santo acham pouco provável uma aliança entre Rede, PDT, PSB e PV, conforme declarou Ciro Gomes, líder do PDT, para...

Capixabas participam da convenção do partido de Bolsonaro, em Brasília

Um grupo de capixabas está em Brasília para participar da primeira convenção do Aliança pelo Brasil, partido do presidente da República, Jair Bolsonaro. O...

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por aí. Esses são os vovôs...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!