• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
25 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Mestre Álvaro

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

O mercado não para

Apesar do momento frio por que passa o mercado imobiliário, principalmente o de compra e venda de apartamentos, grandes negócios não deixam de serem feitos na Serra. No mês passado um importante grupo local comprou uma área de 25 mil m2 quadrados, na BR 101, próximo ao Makro, com 12 mil m2 quadrados de galpão e alugou para o antigo proprietário que continuará como operador logístico. O negócio foi da ordem de R$ 23 milhões. Foram mais de R$ 1 milhão só de ITBI para o município.

O mercado não para II

No apagar das luzes do mês de agosto uma grande área na entrada do Civit I também foi vendida que, incluindo dívidas de IPTU junto à Prefeitura, ultrapassou os R$ 10 milhões. O novo proprietário deverá desenvolver a área e fraciona-las em porções menores e disponibilizar para a venda.

Invasão burguesa

A tentativa de invasão das áreas da Fibria na estrada do Contorno de Jacaraípe, que ainda está em construção, chamou a atenção pela organização e cacife de boa parte dos invasores. Foi detectada a participação de comerciantes dos ramos de padaria, açougue, bar, restaurante, supermercados e até igrejas. A turma ‘parcelou’ a área e cada um pegou o ‘seu quinhão’ e iam para lá de Hilux, Corola, S 10, entre outros carrões. O negócio estava tão escancarado que teve pastor pedindo a representantes da Fibria área para construir a sua igreja.

Um sonho distante

O local da invasão é onde a Prefeitura da Serra reservou no Plano Diretor Municipal – PDM para a construção do aeroporto internacional de cargas, sonho do ex-prefeito Motta, que Vidigal não cansou de fazer dele marketing de expectativa e que Audifax não dá a mínima.

 

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!