21 C
Serra
terça-feira, 20 de outubro de 2020

Velocidade põe vidas em risco na avenida do hospital Jayme Santos

Leia também

Vidigal promete vigiar poluição do ar, ampliar reservas ambientais e revisar PPP do esgoto

Com a bagagem de já ter sido prefeito três vezes da Serra Sérgio Vidigal (PDT) volta a disputar o...

Com 133 casos em nove meses, assassinatos crescem 30% na Serra  

A violência não dá trégua na Serra. Entre janeiro e setembro, 133 pessoas foram assassinadas na cidade, numero 30%...

Time de Colina de Laranjeiras é o campeão do Brasileiro da Serra

O Colina Futebol Clube é o atual campeão Brasileiro da Serra. Criado em 2017, time de futebol amador tem...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal.

O trecho da Paulo Pereira Gomes em frente ao hospital está entre os pontos críticos. Foto: Imagem Google
O trecho da Paulo Pereira Gomes em frente ao hospital está entre os pontos críticos. Foto: Imagem Google

Por Clarice Poltronieri

Moradores de Laranjeiras II querem a instalação de radares na avenida Paulo Pereira Gomes, a principal do bairro. É que segundo eles os carros e motos passam em alta velocidade colocam em risco vida de pedestres e ciclistas que por ali passam. Inclusive no trecho em frente à hospital Jaime dos Santos Neves, onde há grande fluxo de pacientes e funcionários. Uma placa na via indica que a velocidade máxima é de 40km/h.

Riviani Marques Neves Saly mora em um condomínio que fica de frente à avenida e diz que é difícil até acessar a via de carro, porque os veículos que transitam nela surgem em alta velocidade. “Além disso ninguém respeita as faixas de pedestres. Quando passam motos potentes, mal percebermos o barulho e elas já sumiram. Deveria haver radares ao longo da avenida”, aponta.

Ruim para os moradores do entorno, pior para os funcionários e pacientes do Jayme dos Santos Neves que precisam atravessar a avenida para acessar o ponto de ônibus.

Joel Batista dos Reis Filho ficou 25 dias internado no hospital Jayme. “Comecei a observar ouvindo o ronco dos motores. Até percebi que toda tarde duas motos passam em alta velocidade. Acho que eles fazem racha. Fora o som das lixadas de pneu dos carros. É muito perigoso para os pedestres”, alerta.

“Trabalho aqui desde que o hospital inaugurou e vejo a velocidade que os carros passam. Fora que não respeitam a faixa e muitos pacientes debilitados sofrem com isso e reclamam. Pelo menos em frente ao hospital deveria ter um semáforo daqueles acionados pelo pedestre”, opina Débora Santana Maduro, que trabalha no Jayme.

Busca de parceria

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) do município busca parceria com o Governo do Estado convênio que prevê a instalação de radares na avenida Paulo Pereira Gomes. Mas não especificou prazos e datas.

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Com 133 casos em nove meses, assassinatos crescem 30% na Serra  

A violência não dá trégua na Serra. Entre janeiro e setembro, 133 pessoas foram assassinadas na cidade, numero 30% maior que no mesmo período...

Time de Colina de Laranjeiras é o campeão do Brasileiro da Serra

O Colina Futebol Clube é o atual campeão Brasileiro da Serra. Criado em 2017, time de futebol amador tem três anos de história, mas...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!