• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados
25.2 C
Serra
segunda-feira, 25 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados

Veja as propostas dos candidatos a prefeito da Serra sobre especialidades médicas

Leia também

Coronavac: segunda remessa com mais de 16 mil vacinas chega ao Espírito Santo

Um novo lote da vacina Coronavac, produzida pelo Butantan/Sinovac, chegou ao Espírito Santo  nesta segunda-feira (25). De acordo com...

Vereadores aproveitam o recesso para enviar solicitações de serviços à Prefeitura da Serra

Antes mesmo do início das atividades em plenário, vereadores da Serra já apresentaram projetos, requerimentos de informações e indicações...

Roubo de cabos da OI, em Pitanga, deixa moradores sem internet

Moradores do bairro Pitanga, que fica na região rural da Serra, estão sofrendo com os constantes roubos de cabos...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Foto: Divulgação

Conseguir uma consulta com cardiologista e ginecologista, por exemplo, tem sido uma odisseia para os moradores da Serra. Isso porque são recorrentes as críticas na demora em conseguir atendimento para praticamente todas as especialidades médicas. Tanto é que os candidatos a prefeito tratam em seus respectivos planos de governo as estratégias para ajudar a sanar o problema, já que constitucionalmente essa seria uma obrigação dos Estados.

Para facilitar a sua vida, o TEMPO NOVO encaminhou demanda para todos os candidatos a prefeito, com a pergunta: “o que pensa cada candidato sobre especialidades médicas?”. Foi oportunizado dois tipos de resposta: escrita ou em vídeo.

Alguns candidatos fugiram do tema especifico e trataram de outros assuntos. A reportagem decidiu manter as respostas originais, mas alerta que para as próximas, o material editado para atender unicamente a pergunta solicitada.

Confira as respostas:

Alexandre Xambinho – PL (Número na urna 22)

“Enquanto prefeito da Serra, vou melhorar a eficiência na aplicação dos recursos e captar ainda mais junto aos entes estaduais e federais. Sobre especialidades, meu programa de governo estabelece três eixos integrados:

– Implantar o sistema Serra 4.0, para acabar com as filas nas unidades de saúde e permitir que o munícipe marque sua consulta médica ou odontológica através do aplicativo “Serra Saúde”.

– Construir o Centro de Especialidades Médicas, melhorando a qualidade de atendimento em áreas específicas: cardiologia, oncologia, ginecologia, ortopedia etc.

– Construção do Centro de Diagnostico de Imagem da Serra, onde serão ofertados todos os serviços de diagnóstico preventivo (Raio-X, Ultrassonografia, Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, Mamografia dentre outros)”.


Bruno Lamas – PSB (Número na urna 40)

“A Saúde será prioridade! Afinal de contas, significa vida. Nós precisamos melhorar o acolhimento nas nossas unidades de saúde.

É preciso trazer a tecnologia e a inovação para dentro das unidades, com a ampliação da marcação de consultas e exames on-line, incluindo um sistema para vacinas.

Mas também precisamos sim de mais médicos, de mais especialidades. No nosso governo, vamos ampliar a oferta de médicos especialistas.

Também vamos promover melhorias e ampliar a estrutura física, os equipamentos e os serviços; implantar um programa de valorização para profissionais da saúde; e promover campanhas de prevenção à saúde.

Vamos criar o Programa de Atendimento Domiciliar ao Idoso (Padi); ampliar a atuação do Programa de Saúde da Família (PSF); e implementar o programa de bem-estar animal; além de ampliar o número de academias populares na cidade”.


Ebinho – PcdoB (Número na urna 65)

“A saúde é uma das prioridades de nosso Plano de Governo. Pois defendemos o fortalecimento do Sistema Único de Saúde e a humanização do atendimento.

Infelizmente, a gestão municipal atual tem seguido caminho oposto. O descaso na saúde é verificado nos baixos salários aos profissionais de saúde, falta de investimento em tecnologia, e falta de remédios.

O primeiro passo é informatizar todo o atendimento à saúde de Serra. Vitória já fez isso a muito tempo, outras cidades já fizeram e é imprescindível para um melhor atendimento da população, otimização de tempo e recurso a informatização do sistema.

Outra questão é trabalhar em outro Plano de Carreira aos profissionais de Saúde. Não tem profissionais, principalmente médicos suficientes por que os salário são defasados.

É necessário investir, ser referência, atrair os profissionais, racionalizar os recursos e atender, gradativamente, a partir do critério de complexidade de cada especialidade, atender a demanda e proporcionar um diálogo com o governo estadual que possa melhorar o atendimento”.


Fábio Duarte – Rede (Número na urna 18)


Gracimeri – PSC (Número na urna 20)


Luciana Malini – PP (Número na urna 11)

Nosso foco é ampliar a assistência médica no município, cuidando principalmente da prevenção, sem deixar de atuar na remediação.

Vamos investir na Atenção Primária à Saúde, equipando as unidades de saúde, ofertado serviço que a população necessita e implantando atendimento humanizado.

Acredito muito no trabalho dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Por isso vamos ampliar as  equipes para levar o atendimento até às pessoas com médico, enfermeiro, agente comunitário de saúde, técnico de enfermagem  e profissional de saúde bucal

Essas equipes fazem o acompanhamento das famílias e conseguem ter uma relação próxima com a comunidade na qual atuam, podendo orientar o trabalho que realizam pelas características epidemiológicas, demográficas e sociais do local onde os pacientes vivem.

Estudos indicam que o investimento na ESF, melhora dos indicadores de saúde e na reduz desigualdades sociorregionais.

Vamos implantar também um aplicativo para celulares que permitam ao usuário do sistema fazer acompanhamento de sua condição de saúde.

Além disso, criaremos um programa municipal de atenção à saúde animal, bem como readequaremos os espaços físicos responsáveis pelas políticas públicas municipais de zoonoses.

Além da oferta de serviços de saúde, vamos também realizar programas e ações para incentivar a prática de atividades físicas deve ser um pilar da saúde.


Sérgio Vidigal

OBS. O candidato Sérgio Vidigal não respondeu a demanda sobre as propostas para ajudar a sanar o problema crônico de falta de médicos especialistas na Serra.


Vandinho Leite – PSDB – (Número na urna 45)


DA REDAÇÃO:
Além desses, o nono candidato registrado é o delegado Márcio Alves. Entretanto o partido dele, o MDB, não aprovou sua candidatura e fechou apoio com outro candidato. No último dia 5 de outubro, na sessão do pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), foi negado recurso do delegado, que pedia que o partido reconhecesse a candidatura dele. O jornal acompanha a situação na Justiça Eleitoral, e se caso a justiça deferir a candidatura dele, Márcio será incluído nessa e nas próximas matérias.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!