Tecnologia melhora aula de Matemática em escola de Solar de Anchieta

0
Tecnologia melhora aula de Matemática em escola de Solar de Anchieta
O projeto acontece na Escola Silvio Egito Sobrinho, em Solar de Anchieta. Foto: Divulgação

Com o uso do Chromebooks, um computador pessoal executando o Google Chrome OS, a Escola Silvio Egito Sobrinho, em Solar de Anchieta, na Serra, tem apostado no uso das novas tecnologias para inovar durante as aulas. Por meio do projeto ‘Desmistificando a aula de Matemática no virtual’, a unidade de ensino tem dinamizado o conteúdo da disciplina em uma sala virtual por meio do Google Sala de Aula.

As informações são da Secretaria Estadual de Educação que disse que a iniciativa visa modificar o ensino da Matemática tradicional para uma disciplina mais lúdica e virtual com o uso da tecnologia. O trabalho foi feito diante à necessidade de criar novas metodologias nas aulas de Matemática para despertar o interesse do aluno.

As turmas da 3ª série do Ensino Médio já fizeram uso do Google Formulários para realizarem um simulado, utilizando funções trigonométricas na resolução de problemas, conteúdo cobrado, inclusive no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e no Programa de Avaliação da Educação Básica do Espírito Santo (PAEBES).

O aluno Daniel da Silva Rezende, destacou que o uso do Chromebook aperfeiçoar as aulas.  “Achei que a aula foi mais dinâmica e mais motivadora, de forma mais fácil para entender”, disse. Já a estudante Amanda Alexandre acrescentou que “a aula se torna mais rápida e a professora tem mais oportunidade de adicionar novos conteúdos. ”

“O trabalho que estamos realizando junto aos alunos vem despertando o interesse por parte deles sobre os conteúdos de Matemática. Os alunos se sentem motivados e importantes neste processo. O ensino híbrido é isso, integrar a Educação à tecnologia, promovendo uma mistura entre o ensino presencial e propostas de ensino online. Com o uso dos cromebooks, vamos sair da zona de conforto e ir ao encontro com novo”, destacou a professora de Matemática da Escola, Franciane de Souza.

Comentários