Prefeitura quer posse de terreno em José de Anchieta para melhorar acesso ao bairro

0
Prefeitura quer posse de terreno em José de Anchieta para melhorar acesso ao bairro
Entrada do bairro causa engarrafamento na BR-101 em horários de pico. Foto: Fábio Barcelos

Para melhorar o trânsito na entrada do bairro José de Anchieta, a Prefeitura da Serra quer que o Governo Federal doe um terreno que fica as margens da BR-101, onde o Município pretende realizar obras de ampliação das pistas que dão acesso para a comunidade. Atualmente, o espaço está servindo como ponto para usuários de drogas e esconderijo para bandidos.

O terreno reivindicado pela Prefeitura foi tomado pelo Governo Federal de algumas famílias que ocupavam o espaço há anos. Desde a desocupação que ocorreu no ano passado, o espaço ficou abandonado e além de ter aumentado a insegurança na região, está virando um grande lixão a céu aberto.

Pensando em melhorar a entrada do bairro – que hoje causa muito engarrafamento na BR-101, a Prefeitura da Serra realizou uma solicitação junto ao Governo Federal pedindo que a área seja doada para o Município. Para o TEMPO NOVO, a Prefeitura disse que a proposta é que a área seja 100% utilizada para melhoria e ampliação das vias de acesso ao bairro.

Vale destacar, que o deputado estadual Alexandre Xambinho (Rede) se reuniu com a comunidade na semana passada e juntou duas mil assinaturas para um abaixo-assinado que foi apresentado para o Governo Federal, também pedindo a doação do espaço.

“Já tivemos uma reunião e vamos fazer outra. Queremos que essa área seja doada para a Serra, para que a Prefeitura faça um novo acesso para o bairro. Nosso principal pedido hoje é a demolição da estrutura atual, onde virou ponto de tráfico, esconderijo de bandido e também está se tornando um lixão”, explicou Xambinho.

“Precisamos de uma solução urgentemente”, diz morador do bairro

Prefeitura quer posse de terreno em José de Anchieta para melhorar acesso ao bairro
Moradores se uniram com o deputado estadual Alexandre Xambinho e pedem a doação do terreno. Foto: Gabriel Almeida

O TEMPO NOVO conversou com o presidente da Associação de Moradores de José de Anchieta, que reclamou do problema e disse que a solução precisa ser rápida. “Em parceria com o deputado e outros moradores, nós conseguimos as assinaturas e queremos a doação do terreno. O acesso ao nosso bairro é precário e precisamos de uma solução urgentemente”, disse.

Já a moradora Jussara Ribeiro chama a atenção para a insegurança que aumentou na comunidade por conta deste terreno. “O governo veio aqui, tomou o terreno e agora os criminosos tomaram conta do espaço. Já fizemos vários pedidos e nada foi feito. Queremos que o terreno seja doado para nossa cidade; dessa forma, teremos melhorias”, afirma.

A reportagem entrou em contato com o Ministério da Economia, responsável pela área. Por meio de nota, o órgão disse que o terreno já está em processo licitatório para ser alienado à iniciativa privada.

Comentários