Prefeitura e Eco não se entendem sobre iluminação da 101

0

 

Prefeitura e Eco não se entendem sobre iluminação da 101
O morador José Amorim disse a situação na via é preocupante e pede providências, já que o local é alvo de constante assalto. Foto: Joatan Alves

Gabriel Almeida

Moradores, motoristas e pedestres que utilizam a pista lateral da BR-101, na entrada do bairro Laranjeiras Velha, estão reclamando da falta de iluminação na rua, que deixa o local perigoso durante a noite.

E pelo jeito os moradores irão continuar no escuro. Isto porque a Eco101, concessionária que administra a BR-101, e a Prefeitura da Serra não estão se entendendo quanto a responsabilidade do trecho em questão.

De acordo com o morador de Laranjeiras Velha, José Amorim Pereira, o local é muito perigoso durante a noite e alvo de constantes assaltos. “Eles estão em um jogo de empurra-empurra e não sabem de quem é a reponsabilidade. Isto é um absurdo, enquanto moradores sofrem com a falta de iluminação a Prefeitura e a Eco-101 estão enrolando para iluminar a via”, explica.

José Amorim ainda disse que a comunidade aguarda uma solução. “Já perguntamos a Prefeitura uma vez e ela disse que a responsabilidade é da Eco-101, já a concessionária diz que é o município. E agora quem vai iluminar a via?”, indaga o morador.

Outro morador da comunidade que também está revoltado com a situação é Roni Wellington Barbosa, que constantemente passa pelo local durante a noite e afirma que fica assustado com tanta escuridão. “Um morador já foi assaltado no local durante o dia. Imagina a noite que fica tudo escuro?”, ressalta Roni.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura da Serra que disse que a responsabilidade é da Eco-101. A concessionária disse em nota que não cabe a empresa qualquer tipo de intervenção de instalação e manutenção elétrica e sim ao município. A empresa ainda lembrou que a instalação da iluminação da rodovia do contorno de Vitória, foi inaugurada pela prefeitura de Serra no mês passado, onde foram gastos R$ 7 milhões.

A reportagem entrou novamente em contato com a Prefeitura que disse apenas que o trecho apontado é de responsabilidade da Eco 101.

Comentários