21.8 C
Serra
quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Pedágio já aumentou 25% em dois anos na BR 101

Leia também

Mundial Sub-17: seleções seguem treinando na Serra | Veja vídeo

A Serra está sendo o Centro de Treinamento (CT’s) de doze seleções que disputarão o Mundial Sub-17 da Fifa....

Governo Federal “desmonta” assistência social e pobreza avança, denuncia secretário

Parte II, Bloco Assistência Social Veja a Parte I da entrevista: Eleição 2020 A frente da Secretária de Trabalho, Assistência e...

Banestes diz que não vai fechar agência em Nova Almeida, mas comunidade teme desinvestimento

Já foram afixadas placas na Agência do Banestes em Nova Almeida, informando aos clientes que a unidade vai sofrer...

Engarrafamento na BR 101 no trecho da Serra: cena comum. Foto: Arquivo TN/Bruno Lyra
Engarrafamento na BR 101 no trecho da Serra: cena comum. Foto: Arquivo TN/Bruno Lyra

Clarice Poltronieri

Em dois anos, o pedágio no trecho capixaba da BR 101, administrada pela concessionária Eco 101, já aumentou em média 25,85%. O novo reajuste, que entre 2015 e 2016 foi em média de 7,24%, está em vigor nas sete praças de cobranças (seis no ES e uma no extremo sul da Bahia) da Eco. Entre 2014 e 2015, o aumento médio foi de 18,61%.

O aumento da tarifa – o segundo desde 2014, apesar de ter ficado menos ‘salgado’ pode ser compensado em 2016, já que a previsão da mudança de preços foi atrasado em 12 dias pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), responsável pela concessão. O reajuste, previsto para ocorrer sempre no aniversário do início da cobrança, 18 de maio, só passou a valer na última segunda-feira (30).

Este ano, nas sete praças de pedágio, o aumento variou de 4,87% a 8,57%. Na Serra,  o aumento foi de 4,87% este ano e de 20,58% em 2015. De acordo com a ANTT, os valores variam em cada praça por conta da quilometragem.

Em 2015, o aumento ficou bem acima da inflação, que foi de 8,45% entre maio daquele ano e maio de 2014. Já para este ano, o reajuste ficou abaixo do índice inflacionário, que até abril apontava alta de 9,28% considerando os últimos 12 meses.

Na Serra, cuja praça de cobrança fica em Chapada Grande, região rural do município, o pedágio saltou para R$ 4,30 para carro de passeio. O valor anterior era R$ 4,10. No início da cobrança, em maio de 2014, o pedágio era R$ 3,40.

Confira o aumento nas praças de pedágio desde o início da cobrança

 

PRAÇA 2014 2015 2016
P1 – Pedro Canário R$ 2,80 R$ 3,40 R$ 3,60
P2 – São Mateus R$ 3,80 R$ 4,50 R$ 4,80
P3 – Aracruz R$ 3,60 R$ 4,20 R$ 4,50
P4 – Serra R$ 3,40 R$ 4,10 R$ 4,30
P5 – Guarapari R$ 3,50 R$ 4,20 R$ 4,50
P6 – Rio Novo do Sul R$ 3,00 R$ 3,50 R$ 3,80
P7 – Mimoso do Sul R$ 1,60 R$ 1,90 R$ 2,10

 

Obras de duplicação

Já a tão sonhada obra de duplicação – justificativa maior da concessão da rodovia federal e da consequente cobrança do pedágio – começou no último dia 18 de maio. E por enquanto só irão contemplar 20 km dos mais de 400 km concedidos à Eco 101, segundo a assessoria de imprensa do consórcio.

As obras acontecem em João Neiva, do km 205 ao km 208; Ibiraçu, do km 216 ao km 220; Anchieta, do km 362 ao km 369; e Itapemirim, do km 403 km 409. Os  investimentos desta etapa somam cerca de R$ 40 milhões segundo a Eco.

Tais trechos, de acordo com assessoria da ANTT, tem de estar duplicados para até o 5º e 6º anos de concessão (2018 e 2019). Já os trechos cujo contrato prevê a entrega da duplicação para maio de 2017 – que incluem a Serra após o posto da Polícia Rodoviária Federal no sentido Fundão – não têm sequer previsão de início das obras, pois falta licença ambiental.

Mais notícias

video

Mundial Sub-17: seleções seguem treinando na Serra | Veja vídeo

A Serra está sendo o Centro de Treinamento (CT’s) de doze seleções que disputarão o Mundial Sub-17 da Fifa....

Governo Federal “desmonta” assistência social e pobreza avança, denuncia secretário

Parte II, Bloco Assistência Social Veja a Parte I da entrevista: Eleição 2020 A frente da Secretária de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Bruno Lamas...

Banestes diz que não vai fechar agência em Nova Almeida, mas comunidade teme desinvestimento

Já foram afixadas placas na Agência do Banestes em Nova Almeida, informando aos clientes que a unidade vai sofrer mudanças. Na prática o banco...

Prefeitura faz demolição de casas em invasão na Serra

A invasão que persisti em continuar, na área de proteção ambiental, na Avenida Norte Sul, em Colina de Laranjeiras, sofreu mais um duro golpe...

Projeto abre mil vagas para cursos profissionalizantes

Está em casa desempregado e sem dinheiro para fazer um curso profissionalizante? Um projeto social da Serra, o Juventude Ativa, está com inscrições abertas...

Você também pode ler

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!