23.2 C
Serra
sábado, 06 de junho de 2020

Moradores denunciam descarte irregular de lixo e fazem mutirão

Leia também

Erosão do mar em Manguinhos segue se agravando e danifica propriedades

Está se agravando o problema da erosão no trecho entre o Recanto dos Profetas e o Vagão na orla...

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...
Vilson Vieira Jrhttps://www.portaltemponovo.com.br%20
Morador da Serra, Vilson Vieira Junior é repórter do Tempo Novo. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Esporte.

Moradores fazem mutirão e cobram providências à Prefeitura sobre descarte irregular. (Foto: Leitor)

Preocupados com a proliferação do mosquito da dengue na cidade, moradores da região de Laranjeiras denunciam um descarte irregular de lixo e entulho numa área ao lado do Tobogã, trecho de avenida que liga aquele bairro a Chácara Parreiral. O local virou ponto viciado.

Segundo o morador Wilson César da Silva, a presença de carroceiros é frequente no local, onde despejam lixo que pode acumular água e prejudicar a saúde da população. “Já estivemos lá fazendo a retirada de latas de plástico. Às vezes fazemos mutirão, mas não damos conta”, relata Wilson, que está preocupado com o avanço de doenças como a dengue, a zika e a chikungunya na Serra ao longo deste ano.

Ele cobra providências dos órgãos públicos para solucionar o problema. Questionada se tinha conhecimento da situação, a Prefeitura da Serra, por meio da assessoria de imprensa, informou que a limpeza da área “é realizada constantemente”.

Disse, ainda, que denúncias sobre descarte irregular de entulhos devem ser feitas por meio do número 99976-2595 (Whatsapp), com fotos e vídeos de flagrantes, ou também acionar o 190. As multas para esse tipo de prática podem chegar a R$ 30 mil, caso a fiscalização identifique os responsáveis.

Comentários

Mais notícias

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos a receberem o empréstimo oferecido...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo nas últimas semanas. Luciana pediu...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!