23.2 C
Serra
sábado, 06 de junho de 2020

Mais de 150 lotes de Parque Residencial Tubarão passarão por regularização fundiária

Leia também

Erosão do mar em Manguinhos segue se agravando e danifica propriedades

Está se agravando o problema da erosão no trecho entre o Recanto dos Profetas e o Vagão na orla...

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Em 2018, a prefeitura da Serra entregou mais de 1.500 escrituras, nos bairros Jardim Carapina, Parque das Gaivotas e Bicanga. Foto: Divulgação

Começa a partir desta segunda (6), o cadastro técnico, físico e social de moradores do bairro Parque Residencial Tubarão, para o processo de Regularização Fundiária. A ação vai contemplar, aproximadamente, 160 unidades habitacionais.

Os técnicos da Secretaria de Habitação da Serra vão visitar os lotes contemplados para realização de cadastro técnico, físico e social a partir desta segunda-feira, dia 6, até o dia 14 de maio.

A secretária de Habitação da Serra (Sehab), Cristiane Stem, informou que as áreas do bairro Parque Residencial Tubarão não contempladas pelo projeto tratam-se de ocupação irregular do loteamento, áreas de interesse ambiental ou de risco. Ela destaca a importância do cadastro para os 160 moradores.

Após a etapa de cadastramento, a Sehab segue com os trabalhos técnico-jurídicos para elaboração dos títulos de propriedade.

A Prefeitura da Serra vai encaminhar um Projeto de Lei à Câmara da Serra para isentar as áreas que já são regulares no bairro Parque Residencial Tubarão do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) pelo período de 2 anos.s famílias contempladas deverão apresentar os seguintes documentos no ato da realização do cadastro socioeconômico:

– Carteira de Identidade (do casal);

– CPF (do casal);

– Certidão de Nascimento ou Casamento (se divorciado, com a devida averbação do divórcio – se viúvo, óbito);

– Escritura de União Estável – (se possuir);

– Comprovante de renda ou declaração de renda;

– Comprovante de Residência atual;

– Documento que comprova a posse no imóvel por, no mínimo, cinco anos (recibo, contrato de compra e venda, permuta, declaração de ligação de água ou luz);

– Cópia do IPTU (se possuir).

Comentários

Mais notícias

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos a receberem o empréstimo oferecido...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo nas últimas semanas. Luciana pediu...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!