Serra, 26 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Mestre Álvaro

por Eci Scardini

Serra, 17 de agosto de 2018 às 9:59

Guerras rumo à Assembleia


Yuri Scardini 

Apertos e desapertos nas chances eleitorais de conhecidos candidatos da Serra a deputado estadual. Após as tratativas das coligações, há certa apreensão, já que as condições de eleição foram um pouco dificultadas para grande parte das lideranças locais.

A se começar pelo PSB do deputado Bruno Lamas. O partido coligou com o PSDC que tem Euclério Sampaio, que em 2014 fez 23 mil votos. Estima-se que Euclério cresça, uma vez que politicamente se juntou com o deputado Josias da Vitória (candidato a federal), que deve carregar votos no interior para Euclério.

Paralelamente a isso, o PSB conta com Sérgio Mageski que desceu da candidatura de senador e vai disputar a reeleição de estadual, o deputado Freitas, forte no norte do ES, e alguns candidatos que podem surpreender, como Antônio da Emater, ex-prefeito de Pinheiros entre outros. Estima-se que essa coligação faça três, então será briga de foice.

Outra apertada é a ex-deputada Sueli Vidigal. Ela ficou na chamada ‘chapa da morte’. Com PDT, DEM, PPL e PSD, a chapa está pesada e conta com nomes com Marcelo Santos, Enivaldo dos Anjos, Ismael Almeida, Theodorico Ferraço e a própria Sueli. Estima-se que a chapa faça 3 nomes, e é possível que candidatos com 25 mil votos não se elejam nesse contexto.

Difícil também ficou para a Rede. No chapão com Podemos, Patriota, PMN e PRTB, a Rede terá que se superar, uma vez que a chapa pode chegar a 3 vagas, mas com Janete de Sá, Rafael Favatoo e Marcos Bruno na disputa, as lideranças da Serra podem ter dificuldades de eleição, e vão ter que superar a barreira dos 20 mil votos para ter chance.

Situação um pouco mais confortável está Jamir Malini (PP). O partido coligou com o Pros e há a expectativa de fazer duas vagas. Além de Malini, nessa chapa está à deputada Raquel Lessa, e olha-se com certa atenção para Renzo Vasconcelos. Herdeiro da família dona da UNESC e muito forte em Colatina. A briga deve ficar nesses três nomes para duas vagas.

Já o PSDB, de Vandinho Leite, está bem acomodado com o PSC, do vereador da Serra, Aílton Rodrigues. Essa pode fazer três nomes, e Vandinho é cotado para liderar os votos, e até mesmo Aílton tem boas chances de eleição.

Acredita-se que será alta a renovação política na Assembleia. Candidatos fora dos ‘favoritos’ podem surpreender e o eleitor está instável e deve haver grande número de abstenções.




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por