23 C
Serra
terça-feira, 24 de novembro de 2020

Feira de delícias todos os dias em Feu Rosa

Leia também

Serra registra aumento de mortes diárias por Covid-19 e perde seis moradores em 24h

Sendo a segunda cidade capixaba com o maior número de mortes causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a registrar...

CPI quer prisão de homem que espetou gato vivo no ES

A CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais da Assembleia Legislativa, recebeu uma denúncia estarrecedora no município de Linhares.  Em vídeos...

Empresas da Serra abrem 163 vagas de emprego para moradores nesta terça

É morador da Serra e está procurando uma oportunidade de trabalho? Então fique atento para as chances que foram...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Empreendedores do bairro enxergaram na alimentação fora de casa e no happy hour, oportunidade de trabalho e renda. Foto: Fábio Barcelos
Empreendedores do bairro enxergaram na alimentação fora de casa e no happy hour, oportunidade de trabalho e renda. Foto: Fábio Barcelos

Gabriel Almeida

Toda sexta, sábado e domingo, em Feu Rosa, a partir das 18h, acontece uma feira gastronômica, na Praça Principal. Isto porque vários ambulantes montam suas barracas e oferecem vários produtos para quem curte um lanche fora de casa.

O morador que for ao local, que funciona todos os dias e principalmente nos fins de semana, vai encontrar cachorro quente, churrasquinho , acarajé, feijão tropeiro, churros, dentre vários outros produtos que são vendidos a preço popular.  O cachorro-quente, por exemplo, pode ser comprado por apenas R$ 4, o churrasquinho por R$ 3,50, acarajé por R$ 8,00 e o feijão tropeiro que varia com porções de  R$ 8, 10 e 12.

De acordo com o presidente da comunidade de Feu Rosa, Vagner Gunha, a feira oferece quase todo tipo de alimento e é aberta para toda a família. “Moradores se encontram aqui para trocar ideia e saborear as delícias”, conta.

O presidente de Associação de Micro e Pequenos Empreendedores (Ampe), Paulo de Assis, disse que a feira conta com mais de 20 barracas que oferecem vários produtos. “Algumas são específicas, já outras oferecem de tudo um pouco”, relata.

Uma das ambulantes que vende acarajé, Rita de Cássia, disse que nesse tempo de crise, ela conseguiu faturar R$ 100 em apenas uma noite. “Vendendo o acarajé que custa R$ 8 consigo faturar uma renda extra durante os fins de semana”, destaca.  Rita monta sua barraca todas as sextas, sábados e domingos.

Já a barraca do Ceará Lanches vende de tudo um pouco. “Vendo hambúrguer, churrasquinho, cachorro-quente e vários outros alimentos”, diz o comerciante.

Para quem quiser garantir uma vaga e colocar uma barraca no local para faturar uma grana extra, é só entrar em contato com a Ampe , pelo telefone do Paulo de Assis (9 9636-0225). A feira fica na praça central de Feu Rosa, na rua dos Cravos.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!