Família faz vakinha para custear tratamento de criança com doença cardíaca em SP

0
Família faz vakinha para custear tratamento de criança com doença cardíaca em SP
A pequena Maju vai nascer no Hospital Beneficência Portuguesa que é referência no tratamento de hipoplasia do coração. Foto: Divulgação

A pequena Maju ainda não chegou ao mundo, mas antes mesmo de nascer já está tendo que superar desafios. A menina foi diagnosticada com hipoplasia do coração que é uma má formação do órgão onde todo o lado esquerdo é reduzido. Seus pais, em busca de tratamento avançado, estão fazendo uma vakinha on line para arrecadar dinheiro para pagar despesas que terão em São Paulo, local onde a criança irá nascer e terá assistência qualificada para a doença.

A pequena já vai nascer fazendo uma cirurgia para garantir sua sobrevivência. Logo depois, passará por outros procedimentos cirúrgicos no hospital Beneficência Portuguesa, que é especializado neste tipo de tratamento. A família de Maju viaja na tarde desta terça-feira (6), para São Paulo.

“Optamos para o nascimento em São Paulo em um hospital referência. Os pais dela conseguiram através de liminar a liberação do plano para realizar o parto lá, porém tem os custos de aluguel, passagens, alimentação e tudo mais” conta Mirely Cristina Pontin, tia da pequena Maju, que publicou a história em sua rede social.

Tamires Fraga, mãe da pequena Maju mora em Jacaraípe. “Assim que ela nascer terá que passar por uma cirurgia para sua sobrevivência e com o passar dos meses terá que fazer algumas outras. Serão três cirurgias até os quatro anos de idade. Infelizmente aqui no ES os recursos são limitados para este caso e depois de muito pesquisar entendemos que o hospital referência neste tipo de cirurgia e pós-operatório ė o Beneficência Portuguesa, em São Paulo”, conta Mirely Cristina em seu post sobre a vakinha.

No pedido de ajuda, a tia da menina Maju, Mirely conta que a família teve um entrave com o plano de saúde e por uma liminar judicial conseguiu que fosse autorizado o nascimento e as cirurgias no Beneficência, porém as despesas de alimentação e hospedagem são por conta da família.

“Este tipo de tratamento ė demorado, não temos como colocar um tempo específico, pois o tempo depende de muitos fatores, se tratando da recuperação de uma cirurgia no coração de um recém-nascido, especulamos ao menos uns três meses a primeiro momento. Sendo assim os custos ficarão alto e infelizmente não temos condições de arcar sem ajuda”.

Quem quiser ajudar, qualquer valor é bem vindo. Pode ser via Pic pay: @mirely_cristina ou por meio de depósito no Banco do Brasil –  Mirely Cristina C Pontin Ag 3167-4 conta 16379-1 CPF: 118.951.167-32. Tem também o link da vakinha, para acessar clique aqui.

Comentários