Dia de homenagem e reza para pessoas queridas que já se foram | Portal Tempo Novo

Serra, 19 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 1 de novembro de 2018 às 9:17

Dia de homenagem e reza para pessoas queridas que já se foram

Por Ana Paula Bonelli
[email protected]

Ana Maria limpa e põe flores no túmulo de familiares há 30 anos na data. Foto: Fábio Barcelos

Nesta sexta-feira (2) é comemorado o Dia de Finados, feriado dedicado a orações e homenagens àqueles que já se foram. Data em que muitas pessoas ainda mantém a tradição de irem ao cemitério levar flores e rezar pelas pessoas queridas falecidas. Na Serra, são seis cemitérios públicos e um particular e a expectativa da Prefeitura da Serra é que 65 mil pessoas passem por estes locais durante a data.

Uma delas é a moradora de Barcelona, Maria da Penha Azeredo que visita todo ano os cemitérios de Serra-sede e Carapina. “Na Sede, está meu primeiro marido e em Carapina, meu pai e meu segundo marido. É uma tradição que vem da época dos meus avós. Levo flores e rezo por eles, sou católica e mantenho a tradição. Os protestantes da família não costumam ir, mas minhas irmãs católicas vão também. Meus filhos já não seguem esse ensinamento, mas eu mantenho, pois aprendi assim”, declara.

De Laranjeiras, Marina Alvarenga da Fonseca, gosta sempre de ir ao cemitério na data. “Visito o túmulo dos meus pais, no Jardim da Paz, principalmente, no Dia de Finados, pois é o dia que o meu pai faleceu. Toda vez que vou levo flores naturais ou artificiais, também acendo vela e assisto missas na capela. Fazendo isso sinto que eles estão mais presentes em minha vida”.

De Serra Dourada II, Marisia Machado, costuma visitar túmulo de seus entes, mas este ano por questões financeiras não conseguirá ir até o interior do estado para prestar homenagens. “Meus parentes mortos estão todos enterrados lá. Sempre tive o costume de viajar nesta data, mas este ano, infelizmente, não irei conseguir. Estou muito sentida com isso”, desabafa.

Maria da Pena Pereira Scarpini também mantém a tradição de visitar entes queridos falecidos. “Levo flores e faço oração todos os anos pelo meu pai e minha mãe que estão no cemitério Jardim da Paz, de Ponta da Fruta, Vila Velha. Faço questão, eu e minha irmã, de manter a tradição. A gente sabe que eles não estão lá, mas é o ensinamento que nossos pais nos passaram e continuaremos mantendo enquanto estivermos vivas”, conta a moradora de Jardim da Penha.

Comércio de flores dividido entre otimismo e desânimo

Uma das homenagens às pessoas falecidas mais populares no Brasil, as flores são o que mantém o comércio aquecido com as vendas durante o Dia de Finados. Alguns comerciantes estão otimistas e esperam aumento na saída de produtos, já outros muito animados com a data.

De Nova Almeida, a Casa de Plantas, estará aberta das 9 às 13 horas, na sexta (2), com venda de flores e arranjos. “A expectativa é de aumento de 15 a 20% de produtos específicos para esta data”, conta o proprietário Edival Pimentel Miranda.

Funcionária da Rose Floricultura, na Serra-sede, Regiane Almeida, disse que a loja irá abrir durante todo o dia para atender os clientes, mas que não há expectativa de aumento de vendas. “Antigamente a expectativa era maior. Hoje em dia caiu muito. Antes a gente programava esta data como Dia dos Namorados e Dia das Mães, mas o movimento caiu.  A tradição no geral caiu muito. Particularmente não temos expectativa de aumento de venda. Também existem pessoas que passaram a vender flores em frente as cemitérios, isso também faz com que nosso movimento diminua”, destaca.

Da Floricultura Primavera, em Laranjeiras, Rosânia Alfredo Patrício compartilha da mesma ideia. “Vamos abrir porque a expectativa é vender flores, mas sem aumento significativo nas  vendas. Esta bem devagar a procura este ano. Antigamente Finados era sagrado, vendíamos muito. Mas pessoas perderam o amor até por quem esta vivo, imagine pelos mortos. Nós fizemos um pedido mínimo para atender o cliente que vier procurar”, declara a funcionária.

Igrejas terão missas dedicadas aos falecidos

Também haverá programação especial em diversas igrejas católicas da cidade e no cemitério Jardim da Paz, com missas temáticas na sexta-feira (2).

Na Igreja de São Pedro, em Jacaraípe, haverá missa dos fieis defuntos às 8h. Já na paróquia Nossa Senhora Conceição, na Serra-sede, terá celebração às 8h e às 10 horas, na igreja Nossa Senhora da Guia, em Jardim Guanabara, que fica próximo ao cemitério de São Domingos.

Na Igreja São Francisco de Assis, em Laranjeiras, haverá missa às 8 horas e na igreja de Reis Magos, em Nova Almeida, as orações no templo serão iniciadas às 17 horas.

Já no cemitério Jardim da Paz, no Civit II, a programação inclui missa às 8h, 11h, 14h e 15h30. Na paróquia São José do Operário, em Carapina, haverá celebração para finados, às 19h30.

Cemitérios preparados para receber visitantes

Os cemitérios públicos da Serra passaram por limpeza, segundo a Prefeitura da Serra, para receber cerca milhares de pessoas neste Dia de Finados.

O trabalho de Capina, varrição, limpeza e poda de árvores começou no início do mês. Os seis cemitérios públicos municipais que ficam em Carapina, Jacaraípe, Nova Almeida, Pitanga, Santo Antônio/Serra-Sede e São Domingos estarão abertos para visitação das 8 às 17 horas.

Já o único cemitério particular da cidade, o Jardim da Paz, no Civit II, vai ter programação especial para a data com missas e visitação das 7 às 18h. A programação inclui ainda na agenda realização de missa na capela às 8h, 11h, 14 e 15h30.

Confira os endereços dos cemitérios públicos da Serra:

Serra-Sede

Endereço: Rua dos Estudantes, s/n, Serra-Sede

Telefone: (27) 3251-5862

Carapina Grande

Endereço: Rua Alfeu Ribeiro, s/n, Carapina Grande

Telefone: (27) 3328-2539

Nova Almeida

Endereço: Rua Professora Maria Pimentel, s/n, Nova Almeida

Telefone: (27) 3253-2985

São Domingos

Endereço: Avenida Jacarandá, s/n, São Domingos

Telefone: (27) 3291-5154

Pitanga

Endereço: Rua Duarte Ribeiro, s/n, Pitanga

Jacaraípe

Endereço: Rua São Pedro, s/n, Castelândia

Cemitério particular

Jardim da Paz

Endereço: Rua Reilly Duarte, S/N – CivitII

Telefone: (27) 3398-4560




O que você acha ?

Você acredita no sucesso do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por