28.7 C
Serra
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Ceturb ainda não tem solução para teto escorado no Terminal de Carapina

Leia também

Volta às aulas facultativa | Pais podem optar se irão mandar filhos para escola

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, concedeu na manhã desta sexta-feira (18) ao lado do secretário de...

Contarato acusa Governo Bolsonaro de omissão no combate às queimadas no Pantanal e cobra ações

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede) entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo que sejam adotadas...

Prefeitura diz que fiscaliza, mas bares continuam causando aglomerações na Serra

Mesmo com os bares lotados e muitas reclamações de falta de fiscalização nesses estabelecimentos, a Prefeitura da Serra diz...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ceturb nega que há risco da estrutura ceder. Foto: Ana Paula Bonelli

Três semanas após a Ceturb instalar uma estrutura de andaime para escorar uma viga do teto do Terminal de Carapina, na Serra, a companhia ainda não tem uma solução para resolver o problema que assusta e preocupa os usuários do espaço. A estrutura foi escorada por pedido da Defesa Civil, mas o Estado nega risco de queda.

A reportagem do TEMPO NOVO esteve no local e constatou que existe um vão entre as vigas do teto do terminal no ponto onde foi colocada a escora. Mas, a Ceturb garantiu que a situação não apresenta nenhum risco e confirmou que foi um pedido da Defesa Civil. “A Defesa Civil fez uma avaliação visual e sugeriu a medida, para evitar transtornos”, disse em nota. O escoramento ocorreu no último dia 6.

A Ceturb ainda informou que o pedido da Defesa Civil foi feito após uma abertura excessiva nos encaixes do console e disse que o escoramento foi somente por “precaução”. Questionada pela reportagem sobre quando o problema será solucionado, a companhia disse que em conjunto com o Instituto de Obras Públicas do Estado do Espírito Santo (Iopes) ainda está “avaliando qual a melhor forma de reparar o local”.  

“Estão esperando cair na cabeça de alguém”, diz moradora

Margarida Couto, moradora da Serra, disse que quando viu a estrutura ficou com medo do teto ceder. “Quando passei nessa parte do terminal fiquei aterrorizada. A estrutura parece que vai cair. Estão esperando cair na cabeça de alguém para que resolvam o problema”, afirmou.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Contarato acusa Governo Bolsonaro de omissão no combate às queimadas no Pantanal e cobra ações

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede) entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo que sejam adotadas medidas judiciais e extrajudiciais imediatas...

Prefeitura diz que fiscaliza, mas bares continuam causando aglomerações na Serra

Mesmo com os bares lotados e muitas reclamações de falta de fiscalização nesses estabelecimentos, a Prefeitura da Serra diz que realiza ações para tentar...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!