Serra, 22 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Cidade

Serra, 29 de Março de 2018 às 10:02

Assassinatos caem, mas Serra segue no topo da violência


Homicídio no domingo de Carnaval em pleno balneário de Manguinhos chocou foliões que se divertiam no local. Foto: Divulgação

Thiago Albuquerque

Nos dois primeiros meses do ano, 48 pessoas foram assassinadas na Serra. A cidade segue sendo o lugar onde mais se mata no ES, porém teve uma redução de 31% em relação a 2017, onde 70 pessoas perderam a vida para a violência no 1º bimestre, especialmente no mês de fevereiro, marcado pela crise de segurança durante a paralisação da PM. 

Nos dois primeiros meses de 2018 também foi registrado o menor número de homicídios na cidade em cinco anos para o período. Porém, a participação da Serra no número global da matança no ES segue elevada: dos 212 casos registrados em janeiro e fevereiro no Estado, o município ficou com 22%. O detalhe é que a população total da Serra não chega a 13% do numero de pessoas que moram no ES.    

A participação da Serra no total de homicídios da Grande Vitória também continua alta: 37,5% dos casos na região metropolitana nos dois primeiros meses foram na Serra. Em segundo lugar vem Vila Velha com 30; depois Cariacica com 26; Vitória com 15; Guarapari com 8; Fundão apenas um e não houve registro em Viana. Os números são da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

Para o Comandante do 6ª Batalhão da PM, Coronel Roberto Mauro, as ações da PM tiveram papel fundamental na redução dos homicídios em relação aos últimos anos na Serra, apesar da cidade seguir no topo entre as mais violentas do Estado. 

“Só nos primeiros dois meses foram apreendidas 93 armas de fogo de vários calibres, estamos desenvolvendo muitas operações polícias com abordagens, cercos táticos e pontos de bloqueios. Outro pronto importante é o cumprimento de mandados de busca e apreensão e visitas de inquietação nos endereços sabidos destes criminosos”, explica o Coronel, que é responsável pelo policiamento em toda a cidade. 

Coronel Roberto Mauro revelou ainda que a tendência é que março também feche em queda. É que, segundo ele, até a última segunda feira (26) 11 pessoas haviam sido assassinadas no mês. “Este número é considerado muito bom em relação aos anos anteriores. Março do ano passado, por exemplo, fechou 31 homicídios. Estamos focando em cinco bairros que tinham índices elevados. E agora podemos observar a redução em Planalto Serrano, Serra Dourada, Novo Horizonte, Jardim Carapina e Central Carapina”, conclui. 

 

 

 

   




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por