33.2 C
Serra
quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Andamento da reforma na Norte e Sul é alvo de críticas

Leia também

Sine da Serra oferece 179 vagas de emprego nesta quinta (27)

O Sine da Serra vai ofertar 179 vagas de emprego nesta quinta-feira (27). O órgão funciona no Pro-Cidadão, em...

EDP alerta para falta de energia em bairros da Serra nesta quinta e sexta

O Carnaval está acabando e a EDP Espírito Santo já começou a interromper o fornecimento de energia elétrica para...

Suspeito de coronavírus na Serra faz exames e resultado pode sair nesta quarta

O homem de 54 anos que pode estar infectado com o novo coronavírus continua em isolamento no Hospital Jayme...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

IMG_3890
A reportagem do TN esteve no trecho hoje (27) e constatou a ausência de atividades. Funcionários conformaram que a obra está parada.

A obra de reconstrução da rodovia Norte Sul, entre Laranjeiras e Barcelona, tem sido alvo de queixas. É que pessoas que transitam pelo local todos os dias reclamam que os serviços estão parados. Prefeitura garante que em março fica pronta.

No inicio tarde de ontem (27), a reportagem do Tempo Novo esteve no trecho e constatou a ausência de atividades. Funcionários no local confirmaram que a obra estava parada porque máquinas e servidores foram transferidos para uma outra obra vizinha.

“Não tenho dúvidas que a obra está parada”, afirma o morador Evandro Siqueira Nunes que também faz uso diário da via.

Já a Prefeitura da Serra garante que obra de reconstrução da Rodovia Norte-Sul segue o cronograma normal para conclusão em março.

O Secretário de Obra, José Eduardo disse que a rodovia faz parte do seu percurso até o trabalho. “Às vezes ocorre de ter muitas máquinas na pista, às vezes não, depende do planejamento de execução da obra”, afirmou Eduardo.

O fiscal da obra Ademálio Simplício acrescentou que os serviços foram interrompidos por dois dias em função das chuvas. “No momento estamos fazendo a colocação de guard rail (proteção metálica) para separação das pistas”.

Quem administra a obra é a Contek Engenharia e o custo total é de R$ 4,5 milhões. A recuperação do pavimento asfáltico, construção de calçadão e implantação de ciclovia estão inclusos na programação.

 

Comentários

Mais notícias

EDP alerta para falta de energia em bairros da Serra nesta quinta e sexta

O Carnaval está acabando e a EDP Espírito Santo já começou a interromper o fornecimento de energia elétrica para bairros da Serra novamente. A...

Suspeito de coronavírus na Serra faz exames e resultado pode sair nesta quarta

O homem de 54 anos que pode estar infectado com o novo coronavírus continua em isolamento no Hospital Jayme dos Santos Neves, em Morada...

Serra registra primeiro caso suspeito de coronavírus no Espírito Santo

Um paciente que pode está infectado com o novo coronavírus, o Covid-19, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento de Carapina (UPA) na noite...

Gracimeri Gaviorno troca de partido e mantém pré-candidatura à Prefeitura da Serra

  Após ensaiar uma candidatura majoritária pelo PV, a delegada de Policia Civil Gracimeri Gaviorno deve ter seu nome confirmado para disputar a Prefeitura da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem