Água toda hora pode ser um santo remédio

0
Viviane bebe bastante água e diz que até sua pele ficou mais saudável. Foto: Fábio Barcelos
Viviane bebe bastante água e diz que até sua pele ficou mais saudável. Foto: Fábio Barcelos

Por Ayanne Karoline

Seja para se hidratar ou se prevenir de doenças renais. Andar com uma garrafinha de água na mão já virou moda. Com a correria do dia a dia, essa é uma tendência que pode ajudar. Porém, especialistas alertam que o exagero pode prejudicar.

A enfermeira Viviane Silveira é conhecida no hospital onde trabalha por conta deste costume. “No início do ano decidi mudar de hábitos. Comecei a praticar exercícios físicos e tomar muita água”.

Depois da mudança, ela conta que problemas de intestino desapareceram e sua pele ficou mais saudável. Por isso, fez questão de passar a “mania” para os filhos de quatro e sete anos.

Assim como Viviane, o instrutor de autoescola Cláudio Gabrielle também não vive sem a sua. Ele diz que precisa manter o corpo hidratado por causa do tipo de trabalho, assim como a garganta longe de ressecamentos. “Tenho problema de pressão alta e a água ajuda a controlar”.

Os benefícios são inúmeros, que vão desde a hidratação do corpo até a prevenção de um cálculo renal. A nutricionista do hospital Metropolitano, Fabiane Farina, afirma que a prática de tomar água constantemente é essencial para a boa filtração de toxinas produzidas pelo corpo.

Porém, é preciso ter limite. O ideal é consumir cerca de 2,5 litros de água por dia, o que equivale a cinco garrafas de 500ml. “O consumo exagerado desequilibra o corpo e causar efeitos ruins, como tontura e mal estar”, alerta Fabiane.

Outra dica da especialista é higienizar o recipiente. A nutricionista diz que isso precisa ser feito todos os dias, de preferência com uma solução de cloro.

 

Comentários