21.8 C
Serra
quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Valor da conta de energia pode cair até 50% para moradores da Serra

Leia também

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Erick Musso escreve um ciclo de independência da Assembleia e responsabilidade com o ES

Artigo de Opinião do Jornal Tempo Novo   Em meio a uma articulação para antecipar a eleição da mesa diretora, o...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A conta de energia do serrano pode ficar mais barata. Foto: Redação TN

Que o valor da conta de energia é de assustar o bolso do capixaba, disso ninguém discorda. Mas caso um Projeto de Lei (PL), enviado pelo prefeito Audifax Barcelos (Rede) – em parceria com o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB), para a Câmara da Serra for aprovado pode mudara realidade de 200 mil moradores da cidade. Caso a proposta seja aprovada, alguns serranos poderão ter a isenção da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip).

De acordo com o texto do projeto, cerca de 50 mil moradores da Serra podem deixar de pagar a tarifa, incluindo 15 mil famílias de baixa renda e 35 mil que consomem até 50 Kilowatt-hora. Com a isenção, o contribuinte que pagava, anteriormente, o valor de consumo mínimo terá uma economia de 50% na conta de energia.

Além disso, o PL prevê a redução da alíquota da Cosip para os demais contribuintes da classe residencial, que representam 150 mil famílias. De acordo com o secretário da Fazenda, Pedro Firme, a expectativa do Município é que os descontos já comecem a valer em janeiro do próximo ano.

“Nossa intenção é de que a Lei entre em vigor no dia primeiro de janeiro de 2020, mas dependemos, para isso, da aprovação da Câmara. Após a aprovação, não será necessário que o contribuinte faça nada em relação à conta de energia.Basta aguardar, pois a conta chegará, automaticamente, com o valor reduzido”, explica Pedro Firme.

A proposta já foi enviada para a Câmara da Serra pelo Executivo e agora depende da aprovação dos vereadores. Caso o PL seja aprovado, o texto voltará para as mãos do prefeito Audifax, que deve sancionar a proposição e dessa forma ela passar a ser lei.

Vandinho está a frente dos trabalhos da Assembleia Legislativa que investigam irregularidades/fraudes na conta de luz. Foto: Divulgação

Redução da conta de energia foi sugestão de deputado estadual

Quem está na briga há alguns meses pelo valor alto da conta de energia dos serranos é o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB). O parlamentar já tinha feito uma parceria com o vereador Gilmar Dadalto (PSDB), conhecido como Raposão, para que fosse feito um Projeto de Lei onde sugeria a redução de impostos cobrados na tarifa de energia.

Mas foi constatado que o projeto não pode ser feito pela Câmara, mas sim pelo Poder Executivo, já que o PL gera ônus para o Município e dessa forma poderia ser considerado inconstitucional. Com isso, o deputado estadual realizou conversas com Audifax, do qual ficou acertado que a taxa de iluminação poderia ser baixada. Agora, o prefeito criou o projeto e enviou para a Câmara.

“Há dois ou três meses eu alertei que a Serra tem a tarifa de iluminação pública mais cara do Espírito Santo. Este foi estudo que fizemos em todos os municípios do ES e chegamos a esta conclusão. A partir daí, de dois meses para cá, tenho me reunido com o prefeito Audifax Barcelos e com o secretário da Fazenda, Pedro Firme. Realizamos diversas reuniões para discutir sobre o assunto e foi dessas discussões que saiu este projeto de lei que será enviado a Câmara de Vereadores. Essa é uma luta minha na Assembleia Legislativa é uma pauta que

Comentários

Mais notícias

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Erick Musso escreve um ciclo de independência da Assembleia e responsabilidade com o ES

Artigo de Opinião do Jornal Tempo Novo   Em meio a uma articulação para antecipar a eleição da mesa diretora, o presidente da Assembleia Legislativa, Erick...

Rotina: jovem é assaltada na Serra às 4h da manhã indo trabalhar

https://youtu.be/Lo_QtrFaxyg Assaltos a pontos de ônibus e a qualquer hora do dia. Quem mora em Nova Carapina II está tendo que conviver com este problema...

Onda de roubos e arrombamentos deixa Manguinhos aterrorizado

A comunidade de Manguinhos está aterrorizada. Isto porque somente de março a novembro já foram mais de quarenta casas e comércios arrombados na vila...

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!