Usuários sofrem com excesso de calor nos ônibus do Transcol | Portal Tempo Novo

Serra, 22 de Abril de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 18 de Janeiro de 2019 às 9:14

Usuários sofrem com excesso de calor nos ônibus do Transcol

Garrafa d'água e, quando dá, buscar lugar na janela e no lado sombreado são atitudes que ajudam a amenizar a sensação de calor

Por Gabriel Almeida
[email protected]

Insalubridade. Passageiro relata mal-estar e até marmita azedando por causa das altas temperaturas nos coletivos. Foto: Gabriel Almeida

Se não bastassem as longas filas e a falta de segurança, os moradores da Serra que utilizam o sistema Transcol para se locomoverem estão tendo que enfrentar outro problema: o calorão dentro dos ônibus. Segundo passageiros, nos horários de pico a situação é ainda pior, já que os coletivos ficam lotados. A única saída e levar uma garrafinha d’água para hidratação, tentar ficar perto da janela e do lado da sombra para amenizar um pouco o desconforto, apontam usuários.

Ana Paula Feitosa, moradora de Serra Dourada II, usa ônibus todos os dias para ir e voltar do trabalho. Ela reclama do calor nos coletivos e explica que o pior horário é de tarde, no horário que ela volta para casa. “Fica mais complicado na hora de vir embora para casas, ainda mais com o horário de verão. De manhã eu acordo bem cedo para pegar o lado da sombra no coletivo, mas de tarde com os ônibus todos cheios tem que vir no sol mesmo. É muito sofrido e quente”, afirma.

A passageira ainda chama a atenção para o aumento na tarifa que o usuário tem que pagar.  “Pagamos uma passagem muito cara para não termos conforto e ainda temos que ‘ir no sol’. Só quem precisa utilizar os coletivos sabe como é dentro. Poderia ter pelo menos umas cortinas para ajudar a população pra amenizar o problema”, disse.

Outro morador que reclama da situação é o Marcelo Fernandes, de Solar de Anchieta, ele disse que um conhecido já teve a marmita azedada por conta do calor dentro do Transcol. “Devido ao calor, o sofrimento já começa no ponto de ônibus que na maioria das vezes não tem abrigo. Até marmita já azedou na mochila de morador devido ao calor intenso que piora ao entrar no ônibus muito quente e super lotado de passageiros. Não é raro ver pessoas passando mal, maior parte das vezes mulheres e crianças. Muita gente suada e num ambiente confinado com o interior de um ônibus quente é um convite para doenças e mal estar”, reclama.

Karen Silva, que mora em Colina de Laranjeiras, disse que utiliza o transporte coletivo de segunda a sexta-feira e sofre todos os dias com o calor. “O pessoal já entra no ônibus correndo para sentar no lugar onde vai pegar sombra durante a viagem. Quando a viagem é longa fica ainda pior sentar do lado do sol, isso sem contar quando o ônibus está lotado. Quanto mais pessoas, mais quente fica”, relata.

Karen ainda afirma que não tem muitas maneiras de amenizar o calor. “O negócio é ficar perto da janela ou levar uma garrafinha de água para se refrescar, mas quando o ônibus ta cheio é difícil”, explica.




O que você acha ?

Você é a favor do Escola sem Partido?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por