24.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Serra é a cidade capixaba com mais registros de nascimento em 2021

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Em maio, o número de nascimentos na cidade bateu recorde com 659 registros emitidos. Foto: Divulgação

Segundo dados do Portal da Transparência do Registro Civil, o munícipio da Serra é o que mais registrou nascimentos no estado em 2021. Ao todo, foram 7.237 bebês registrados no munícipio. Em maio, o número de nascimentos na cidade bateu recorde com 659 registros emitidos.

Os dados mostram que o nome de mulher mais registrado na Serra é Helena com 115 registros. Já Miguel é o queridinho dos papais em 2021 que foram responsáveis pelos 111 registros de homens nascidos no município. Os outros nomes que aparecem como favoritos dos serranos são Gael, Heitor, Theo, Laura, Bernardo, Alice, Arthur, Davi e Valentina.

No ES, foram registrados 53.275 bebês em 2021. No comparativo com 2020, foram emitidos quase mil registros a menos.

A diretora de Registro Civil do Sinoreg-ES ressalta a importância do registro de nascimento para a vida do cidadão. “Ainda que o número de sub-registro venha diminuindo, os dados são de crianças registradas. Ou seja, é possível que mais bebês podem ter nascido nesse período”, comenta.

+ Confira os 10 nomes mais registrados em cartórios da Serra em 2021

Ainda há casos de crianças sem registro ou com registros incompletos como, por exemplo, sem o nome do pai. Segundo dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), quase 100 mil crianças nascidas em 2021, até o começo de agosto, não têm o nome do pai no registro civil.

No estado, maternidades e hospitais que realizam partos contam com Unidades Interligadas (UI) para garantir o registro de nascimento. As UIs possibilitam que os dados do bebê cheguem, por um sistema compartilhado, rapidamente ao registrador e garante a emissão do registro de nascimento com as informações primárias, evitando erros.

A diretora explica que a iniciativa contribui para a facilitação da emissão do documento, principalmente para famílias em situação de vulnerabilidade social. “Ainda que gratuito e fundamental para o início da vida civil, muitas famílias deixavam de fazer a certidão de nascimento, com as UIs o processo é facilitado”.

A medida é regulamentada pela Corregedoria Geral da Justiça do Espírito Santo (CGJ/ES) e prevê, ainda, que o registro seja feito em local de escolha das mães ou pais. “É possível escolher o cartório em que a criança será registrada, podendo ser na região de nascimento ou de moradia”, comenta a diretora.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!