24 C
Serra
domingo, 17 de novembro de 2019

Manifestação dos rodoviários vai acontecer nesta quarta, diz sindicato

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Manifestação dos rodoviários é contra a retirada de cobradores dos novos coletivos. Foto: Reprodução Internet

Contra a implantação dos novos coletivos do sistema Transcol que não terão a cabine para cobradores, o Sindicato dos Rodoviários promete que vai realizar uma nova manifestação nesta quarta-feira (10). No mês passado, o Governo do Estado apresentou como será os novos ônibus e a medida de retirar os cobradores causou polêmica e já gerou dois protestos da categoria.

Até o momento, foram entregues 20 veículos com ar-condicionado e sem a cabine dos cobradores, mas nenhum deles já começou a circular. Após a entrega dos ônibus, o Sindirodoviários já tinha prometido uma greve contra a mudança, o que até agora não se concretizou. De acordo com o sindicato, a mudança do Governo do Estado irá desempregar cerca de quatro mil trabalhadores.

Os rodoviários já realizaram na semana passada (segunda, 1º e quarta-feira, 3) duas manifestações em Vitória e a circulação dos coletivos não foi afetada, já que aconteceu apenas uma passeata e interdição da Avenida Vitória.  O TEMPO NOVO conversou com o presidente do Sindirodoviários, José Carlos de Salles, que prometeu a nova manifestação.

|Leia também: Sindirodoviários ameaça greve nos ônibus do Transcol

“Após as duas manifestações feitas, iniciamos uma conversa com o Governo do Estado. Mas já está prevista um novo protesto para amanhã”, disse José que não descartou uma possível paralisação da circulação dos ônibus.  Pelo perfil oficial no Facebook do Sindirodoviários, o sindicato afirmou mais uma vez em uma postagem que “sem cobrador (os ônibus) não irão rodar”.

A manifestação desta quarta-feira (10) vai acontecer às 15h e o ponto de encontro dos manifestantes será na Avenida Vitória, em frente a D&D, em Vitória. 

Novos ônibus

Os coletivos com ar-condicionado que foram lançados no mês passado não terão a cabine para os cobradores. Com isso, somente passageiros que tiverem o cartão de bilhetagem eletrônica poderão utilizar os novos ônibus, já que não será permitido o pagamento da tarifa em dinheiro.

No dia 26 de junho, o governador Renato Casagrande, juntamente com o secretário de Estado dos Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno, e o diretor-presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés, apresentaram os novos coletivos e entregaram 20 ônibus que serão colocados em circulação na próxima semana. A previsão é que até o final do ano seja 100 ônibus com ar-condicionado.

|Leia também: Ceturb aperta o cerco para impedir pregações religiosas e vendas no Transcol

Os coletivos iniciais irão operar nas linhas troncais – que fazem a viagem de terminal a terminal – e a meta é que até 2022 sejam 600 ônibus com ar-condicionado. O Governo do Estado ainda não divulgou quais a linhas serão contempladas com a novidade.

Os ônibus com ar-condicionado, assim como a implantação de wi-fi nos coletivos, faz parte do pacote de medidas que Casagrande prometeu no início do ano como a “recuperação do sistema” Transcol, que é alvo de muitas reclamações por parte dos capixabas que precisam utilizar o transporte público para se locomoverem: calor, insegurança e superlotação são algumas das queixas dos usuários.

Governo diz que mudança trará mais segurança para os coletivos

A reportagem também acionou a Secretaria dos Transportes e Obras Públicas que informou por meio de nota que a cobrança exclusivamente por meio do Bilhete Único (cartão) visa trazer mais agilidade no embarque e mais segurança, já que retira o dinheiro do ônibus, além da possibilidade de integração. “Em razão da implantação do Bilhete Único, haverá maior oferta de emprego no Sistema. Isso vai permitir que os profissionais que atuam como cobradores atualmente dentro coletivos passem a exercer novas funções, até mesmo fora dos coletivos”, disse na nota.

|Leia também: Novos ônibus do Transcol não terão cobradores e rodoviários prometem paralisação

A secretaria ainda informou que as empresas operadoras vão incentivar os funcionários para que participem de cursos de requalificação, por meio de parcerias com o Sest Senat, para aprimoramento profissional e aperfeiçoamento para novas atividades como motorista, mecânico, eletricista, entre outros.

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!