23.6 C
Serra
quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Sindirodoviários ameaça greve nos ônibus do Transcol

Leia também

“Na Serra é Bruno Lamas para prefeito”, diz presidente do PSB de Casagrande

O presidente estadual do PSB, Alberto Gavini, confirmou que o secretário estadual Bruno Lamas será candidato a prefeito pelo...

Manato diz que PSL terá candidato a prefeito mesmo sem Bolsonaro

Na última terça-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que irá deixar o PSL e criar um novo partido,...

Confira os gabaritos oficiais do Enem 2019

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na tarde desta quarta-feira (13) os gabaritos oficiais do...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Paralisação seria por conta dos novos ônibus sem cobradores. Foto: Divulgação

Por conta da implantação dos novos coletivos com ar-condicionado e sem cobradores, o Sindicato dos Rodoviários está ameaçando uma “greve geral” na circulação dos ônibus do sistema Transcol. Na tarde da última quarta-feira (26), o Governo do Estado apresentou como será os novos ônibus e a retirada da cabine dos cobradores causou polêmica nas redes sociais.

Logo após a entrega de 20 novos veículos, o Sindirodoviários já tinha prometido uma greve contra a mudança. No início da tarde desta quinta-feira (27), o sindicato publicou no seu perfil oficial do Facebook, uma nota onde afirma que serão quatro mil pessoas desempregadas e por isso o sindicato “lutará com todas as suas forças, inclusive com greve geral no sistema de transporte da Grande Vitória”. No entanto, na nota, não foi colocada uma previsão de quando essa greve iria acontecer. 

Na quarta (26), o TEMPO NOVO entrou em contato com o presidente do sindicato, José Carlos Salles, que afirmou que a categoria está discutindo o problema e que não concordam com a retirada dos cobradores. Informou ainda que o sindicato iria publicar uma nota oficial – que já foi postada na tarde desta quinta (27).

Novos ônibus

Os coletivos com ar-condicionado que foram lançados na tarde desta quarta-feira (26) não terão a cabine para os cobradores. Com isso, somente passageiros que tiverem o cartão de bilhetagem eletrônica poderão utilizar os novos ônibus, já que não será permitido o pagamento da tarifa em dinheiro.

Nesta quarta, o governador Renato Casagrande, juntamente com o secretário de Estado dos Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno, e o diretor-presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés, apresentaram os novos coletivos e entregaram 20 ônibus que serão colocados em circulação na próxima semana. A previsão é que até o final do ano seja 100 ônibus com ar-condicionado.

Os coletivos iniciais irão operar nas linhas troncais – que fazem a viagem de terminal a terminal – e a meta é que até 2022 sejam 600 ônibus com ar-condicionado. O Governo do Estado ainda não divulgou quais a linhas serão contempladas com a novidade.

Os ônibus com ar-condicionado, assim como a implantação de wi-fi nos coletivos, faz parte do pacote de medidas que Casagrande prometeu no início do ano como a “recuperação do sistema” Transcol, que é alvo de muitas reclamações por parte dos capixabas que precisam utilizar o transporte público para se locomoverem: calor, insegurança e superlotação são algumas das queixas dos usuários.

Governo diz que mudança trará mais segurança para os coletivos

A reportagem também acionou a Secretaria dos Transportes e Obras Públicas que informou por meio de nota que a cobrança exclusivamente por meio do Bilhete Único (cartão) visa trazer mais agilidade no embarque e mais segurança, já que retira o dinheiro do ônibus, além da possibilidade de integração. “Em razão da implantação do Bilhete Único, haverá maior oferta de emprego no Sistema. Isso vai permitir que os profissionais que atuam como cobradores atualmente dentro coletivos passem a exercer novas funções, até mesmo fora dos coletivos”, disse na nota.

A secretaria ainda informou que as empresas operadoras vão incentivar os funcionários para que participem de cursos de requalificação, por meio de parcerias com o Sest Senat, para aprimoramento profissional e aperfeiçoamento para novas atividades como motorista, mecânico, eletricista, entre outros.

Comentários

Mais notícias

Manato diz que PSL terá candidato a prefeito mesmo sem Bolsonaro

Na última terça-feira (12), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que irá deixar o PSL e criar um novo partido, chamado Aliança pelo Brasil. Isso...

Confira os gabaritos oficiais do Enem 2019

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na tarde desta quarta-feira (13) os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio...

Defesa Civil emite alerta para mais risco de inundação e deslizamentos na Serra

A Defesa Civil do Espírito Santo emitiu na tarde desta quarta-feira (13) um alerta para risco de deslizamentos e inundações por conta das chuvas...

Descontos de até 70% durante outlet em shopping da Serra

A oportunidade de fazer as compras de Natal com super descontos está no it Outlet, que acontecerá a partir desta quinta-feira (14)  até o...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!