• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
28.4 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados

Magistério será priorizado na fila de vacinação contra a Covid-19

Leia também

Prefeitura da Serra volta a fechar acesso à Rotatória do Ó para obra de duplicação

Na manhã dessa terça-feira (13) motoristas que seguiam pela Avenida Paulo Pereira Gomes sentido Laranjeiras, voltaram a ter que...

Cesan deixa esgoto vazando em frente a comércios e residências em bairro da Serra

Um vazamento de esgoto está deixando moradores e comerciantes de bairro da Serra em uma situação complicada e fedorenta....

Após paralisação dos rodoviários, ônibus do Transcol ficam superlotados na Serra

Logo após causar transtornos na vida de milhares de capixabas, a paralisação promovida por rodoviários do sistema Transcol deixaram...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Os professores do Estado serão priorizados. Foto: Divulgação/Secom ES

Profissionais do magistério devem ser priorizados na fila de vacinação contra a Covid-19 no Espirito Santo. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (1), durante reunião da Comissao de Educação na Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

O anúncio foi feito durante reunião da Comissao de Educação. Foto: Divulgação

Segundo informações que teriam sido repassadas pelo Governo do Estado aos membros da Comissao de Educação, assim que novas vacinas forem adquiridas, serão priorizados profissionais da educação (professores, coordenadores, pedagogos, serventes e auxiliares de secretaria, dentre outros).

A audiência do colegiado foi realizada após pedido do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes) para discutir o assunto. O presidente da Comissão é o deputado estadual Bruno Lamas (PSB), que fez o anúncio.

“Mesmo com o plano nacional de vacinação diga o contrário. Essa é uma decisão de governo. Fiz contato com o secretário de Saúde e com o Governo do Estado; a decisão está tomada. Profissionais da educação serão priorizados com a chegada da família”.

 

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!