• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.833 casos
  • 1.432 mortes
  • 66.986 curados
20.7 C
Serra
quarta-feira, 04 agosto - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.833 casos
  • 1.432 mortes
  • 66.986 curados
Preço ‘salgado’

Grupo de entregadores protesta contra o aumento do preço da gasolina na Serra

Leia também

Assassino de Gerson Camata é condenado a 28 anos de prisão

  Assassino confesso do ex-governador Gerson Camara, Marcos Venício Moreira Andrade foi condenado a 28 anos de prisão. O resultado...

Câmara da Serra arquiva processo contra Jefinho do Balneário

Com 13 votos, a Câmara da Serra rejeitou o Requerimento 95/2021, que pedia abertura de processo para apuração e...

Notícia boa | Serra não registra morte por Covid-19 nas últimas 24h

A Serra não registrou nenhuma morte por Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados foram divulgados no final da...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

Manifestação ocorreu na manhã desta segunda-feira. Crédito: Divulgação

Um grupo de motociclistas que atuam como entregadores de diversos segmentos de alimentos como, por exemplo, lanches, realizou manifestação contra o aumento da gasolina na manhã desta segunda-feira (22). O protesto começou por volta das 9 horas e teve como ponto de partida um posto de combustível situado em frente à escola Aristóbulo Barbosa Leão, em Jardim Limoeiro, na Serra.

Em conversa com o TEMPO NOVO, um dos organizadores do evento explicou a motivação para a manifestação, que ocorreu sem grandes transtornos. “Realizamos uma manifestação pacífica contra o aumento da gasolina. Saímos do posto situado em frente ao ABL por volta das 8 horas”, disse a fonte que pediu para não ser identificada.

Outro participante do protesto também conversou com a reportagem, mas também pediu para não ter seu nome divulgado. “Nós estamos pedindo socorro para o governo estadual e federal. Não conseguimos trabalhar com a gasolina neste preço. Até quando isso vai continuar? Tudo está aumentando e nós precisamos reagir”, desabafou.

Apesar de não interromper o trânsito, o grupo de motociclistas causou lentidão na rodovia Norte Sul, sentido Serra x Vitória. Em certos momentos, os manifestantes desciam de suas motos e as empurravam. Por conta disso, longa fila de veículos se formou na região.

Ainda não se sabe se o protesto já foi finalizado. Segundo informações, os motociclistas seguiram até as proximidades do Shopping Mestre Álvaro, em Eurico Salles. A reportagem está apurando mais informações e o texto poderá ser atualizado em breve.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!