• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
22.9 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
Preço ‘salgado’

Grupo de entregadores protesta contra o aumento do preço da gasolina na Serra

Leia também

Festival Voadora terá 12 shows autorais com destaques da música capixaba  

Cento e oitenta e seis projetos foram inscritos para o processo de seleção do Festival Voadora, cujas apresentações acontecem entre...

Detran implanta exame teórico digital na Ciretran Serra Sede e facilita vida de moradores

O município da Serra receberá mais uma Sala de Exames Teóricos digital do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito...

Vereador defende regulamentação do serviço de mototáxi na Serra

  Por meio do Projeto Indicativo de Lei 43/2021, o vereador Pablo Muribeca (Patriota) defende a regulamentação do serviço de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Manifestação ocorreu na manhã desta segunda-feira. Crédito: Divulgação

Um grupo de motociclistas que atuam como entregadores de diversos segmentos de alimentos como, por exemplo, lanches, realizou manifestação contra o aumento da gasolina na manhã desta segunda-feira (22). O protesto começou por volta das 9 horas e teve como ponto de partida um posto de combustível situado em frente à escola Aristóbulo Barbosa Leão, em Jardim Limoeiro, na Serra.

Em conversa com o TEMPO NOVO, um dos organizadores do evento explicou a motivação para a manifestação, que ocorreu sem grandes transtornos. “Realizamos uma manifestação pacífica contra o aumento da gasolina. Saímos do posto situado em frente ao ABL por volta das 8 horas”, disse a fonte que pediu para não ser identificada.

Outro participante do protesto também conversou com a reportagem, mas também pediu para não ter seu nome divulgado. “Nós estamos pedindo socorro para o governo estadual e federal. Não conseguimos trabalhar com a gasolina neste preço. Até quando isso vai continuar? Tudo está aumentando e nós precisamos reagir”, desabafou.

Apesar de não interromper o trânsito, o grupo de motociclistas causou lentidão na rodovia Norte Sul, sentido Serra x Vitória. Em certos momentos, os manifestantes desciam de suas motos e as empurravam. Por conta disso, longa fila de veículos se formou na região.

Ainda não se sabe se o protesto já foi finalizado. Segundo informações, os motociclistas seguiram até as proximidades do Shopping Mestre Álvaro, em Eurico Salles. A reportagem está apurando mais informações e o texto poderá ser atualizado em breve.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!