22.6 C
Serra
domingo, 05 de julho de 2020

Estádio do Serra pode ir a leilão de novo

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

As categorias de base do clube seguem usando o espaço para treinamentos e jogos. Foto: Bruno Lyra
As categorias de base do clube seguem usando o espaço para treinamentos e jogos. Foto: Bruno Lyra

A ameaça de ser leiloado volta a rondar o principal palco do futebol da cidade: o estádio Robertão, de propriedade do Serra Futebol Clube, localizado no bairro Caçaroca na sede do município.

É que está marcado para as 13hs próximo dia 20, no auditório da Justiça Federal em Vitória nova rodada de leilão. A primeira aconteceu na última quinta(06) quando não houve interessados em arrematar o bem avaliado em R$ 14 milhões.

Segundo o diretor do Serra, Dedé Napoleão, como não houve a venda, o Robertão poderá ser arrematado com desconto de 40%, o que daria um valor de R$ 9,4 milhões. O diretor disse que o leilão é por conta de dívidas trabalhistas e fiscais do clube contraídas na gestão anterior.

E informou ainda que o atual presidente do clube, Carlos Cândido, está tentando negociar com a justiça a suspensão do leilão.  Esta não é a primeira tentativa de venda do estádio do time pentacampeão capixaba. A primeira ameaça foi agendada para sete de julho para garantir o pagamento de dívidas trabalhistas com o INSS e Fundo de Garantia

Contra

Moradores da região são contra a venda do estádio. É o caso de Vicente Peixoto Teixeira. Segundo ele, diante do que a Serra representa no Espírito Santo, é uma vergonha a perda do estádio. “Quero ver os políticos que se dizem apaixonados pelo município levantarem a bandeira em defesa do nosso estádio. É preciso não permitir que isso aconteça e que a administração municipal adquira o imóvel”, sugere.

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!