21.8 C
Serra
domingo, 07 de junho de 2020

Está solto homem que estuprou estudantes em frente ao Parque da Cidade

Leia também

Erosão do mar em Manguinhos segue se agravando e danifica propriedades

Está se agravando o problema da erosão no trecho entre o Recanto dos Profetas e o Vagão na orla...

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O estupro aconteceu no terreno baldio à esquerda, em frente à entrada principal do parque. Foto: Bruno Lyra
O estupro aconteceu no terreno baldio à esquerda, em frente à entrada principal do parque. Foto: Bruno Lyra

Está à solta homem que estuprou duas estudantes num terreno baldio ao lado do Parque da Cidade no final da tarde de ontem (02). Até o final de tarde desta sexta o acusado ainda não havia sido localizado, conforme informou a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. A assessoria não informou se a Polícia já tem a identidade do criminoso.

As meninas sofreram a agressão logo após saírem da escola. O suspeito usou um revólver para render as moças em frente ao Parque e as levou para o terreno, onde existe uma travessa utilizada como passagem de pedestres, que na verdade é área de servidão de um gasoduto da Petrobrás.

Uma das meninas foi estuprada enquanto a segunda foi obrigada a observar a cena. Esta que observava foi forçada a fazer sexo oral no criminoso.

Perigo

Sob a condição do anonimato um vigilante que trabalha na região disse que o terreno e a travessa são lugares perigosos. Mesmo assim alguns estudantes acabam pegando este caminho como atalho.

Não foi o caso das duas jovens estupradas ontem. Segundo o depoimento das jovens à Polícia elas vinham da avenida Norte x Sul pela rua que passa em frente ao portão principal do Parque da Cidade em direção à avenida Guarapari em Valparaíso quando foram abordadas.

 

Comentários

Mais notícias

‘Juro Zero’ já liberou quase R$ 5 milhões para empreendedores no ES, diz Xambinho

A Aderes, órgão responsável por fazer o cadastro dos interessados no empréstimo sem juros, já identificou 6.724 comerciantes aptos a receberem o empréstimo oferecido...

Mudanças no primeiro escalão da Prefeitura da Serra

Dois secretários municipais, Luciana Malini e Jolhiomar Massariol, foram remanejados entre secretarias da Mulher e da Coordenadoria de Governo nas últimas semanas. Luciana pediu...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!