18.8 C
Serra
quinta-feira, 28 de Maio de 2020

Contarato vira alvo de ataques de apoiadores de Bolsonaro

Leia também

Moradores de Divinópolis comemoram entrega de obras para a comunidade

Moradores de Divinópolis comemoram a entrega de obras no bairro. Após muitas reivindicações de moradores, a comunidade foi beneficiada...

Ponto de descarte irregular de lixo vira canteiro em Manguinhos

Onde era ponto viciado de lixo, um canteiro. A parceria entre moradores de Manguinhos e a Prefeitura da Serra...

Fábio Duarte, escolhido por Audifax para ser o seu sucessor, fala um pouco da sua história

Administrar uma Prefeitura como a da Serra, o município mais populoso do Estado, não é para qualquer um. Suceder...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ministro e senador entraram em rota de colisão durante audiência. Foto: Divulgação / Agência Brasil

Após protagonizar um embate com o ministro Sérgio Moro durante uma Audiência Pública no Sendo Federal, o senador Fabiano Contarato (Rede) virou alvo de ataques na internet por apoiadores do Governo Bolsonaro. Na última quarta-feira (19), Moro foi a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania para prestar esclarecimentos sobre os vazamentos do site The Intercept Brasil, que divulgou supostas conversas entre o ministro e procuradores da Lava Jato.

Na ocasião, Contarato disse que apoio a Lava Jato, mas afirmou que os fins não justificam os meios. Disse ainda ao Ministro que se fosse ele na situação em que Moro se encontra, já estaria preso. “Se eu, como delegado, fizesse contato com as partes de um inquérito, e isso chegasse ao MP, ou ao Judiciário, acho que sairia preso da delegacia, afirmou.

Mesmo afirmando que apoia a Lava Jato, apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), encheram as redes sociais de ataques a Contarato. Muitas das publicações afirmam que o senador “enganou o povo capixaba” e que ele “não apoia a lava jato”. Por conta dos ataques, o senador publicou uma nota nas redes sociais onde desmente as acusações e afirma novamente que apoia a operação Lava Jato, mas defende que seja apurado as supostas conversas vazadas entre o ministro e desembargadores.

“São mentirosas mensagens que circulam afirmando que eu defendo a anulação de processos ou a absolvição de qualquer réu da Operação Lava Jato, bem como eu ser contra as investigações já realizadas. É público e notório, também, que me inspirei na Lava Jato para ser candidato ao Senado Federal, no ano passado. Portanto, apurar se o juiz foi parcial, ou não, é uma coisa. Ir contra a Lava Jato é outra. Confundir os assuntos interessa a quem somente ataca, agride, e não quer que a verdade prevaleça”, disse na nota.

Repercussão nacional

O embate entre o Ministro e o senador capixaba ganhou destaque na imprensa nacional. Jornais e sites de envergadura como O Globo, BBC Brasil, EL País Brasil, O Antagonista e Brasil 247 – para citar, cobriram o tenso confronto entre Moro e Contarato, durante uma audiência no Senado, que tratava dos vazamentos do site The Intercept (que inclusive publicou um vídeo contento as declarações na integralidade do senador capixaba).

Contarato tem sido o político do ES mais crítico ao fato, logo quando estourou o vazamento das supostas conversas entre Moro e procuradores da Lava Jato, o ex-delegado defendeu que o Ministro se dirigisse ao Senado para prestar esclarecimentos.

Comentários

Mais notícias

Ponto de descarte irregular de lixo vira canteiro em Manguinhos

Onde era ponto viciado de lixo, um canteiro. A parceria entre moradores de Manguinhos e a Prefeitura da Serra está resultando no fim dos...

Fábio Duarte, escolhido por Audifax para ser o seu sucessor, fala um pouco da sua história

Administrar uma Prefeitura como a da Serra, o município mais populoso do Estado, não é para qualquer um. Suceder um prefeito que tem a...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!