25 C
Serra
domingo, 17 de novembro de 2019

Contarato ganha envergadura nacional após embate com Moro no Senado

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ministro e senador entraram em rota de colisão durante audiência. Foto: Divulgação / Agência Brasil

O embate entre o Ministro da Justiça Sergio Moro e o senador capixaba Fabiano Contarato (Rede) ganhou destaque na imprensa nacional. Jornais e sites de envergadura como O Globo, BBC Brasil, EL País Brasil, O Antagonista e Brasil 247 – para citar,  cobriram o tenso confronto entre Moro e Contarato, durante uma audiência no Senado, que tratava dos vazamentos do site The Intercept (que inclusive publicou um vídeo contento as declarações na integralidade do senador capixaba).

Contarato tem sido o político do ES mais crítico ao fato, logo quando estourou o vazamento das supostas conversas entre Moro e procuradores da Lava Jato, o ex-delegado defendeu que o Ministro se dirigisse ao Senado para prestar esclarecimentos.

 

“Apoio a Lava Jato, mas os fins não justificam o meio”

O ministro do Governo Bolsonaro, Sérgio Moro, esteve no Senado Federal na última quarta-feira (19) para prestar esclarecimentos sobre os vazamentos do site The Intercept Brasil, que divulgou supostas conversas entre o ministro e procuradores da Lava Jato. O senador capixaba, Fabiano Contarato, discursou durante a Audiência Pública e acabou entrando em rota de colisão com Moro.

O senador disse que apoio a Lava Jato, mas afirmou que os fins não justificam os meios. Disse ainda ao Ministro que se fosse ele na situação em que Moro se encontra, já estaria preso. “Se eu, como delegado, fizesse contato com as partes de um inquérito, e isso chegasse ao MP, ou ao Judiciário, acho que sairia preso da delegacia, afirmou.

Mas o ponto alto da discussão aconteceu quando Sérgio Moro sugeriu que Fabiano Contarato defendia a anulação de decisões da Lava Jato, ao ouvir isso do ministro, o capixaba acabou se irritando.  “Não coloque palavras na minha boca porque eu defendo a operação. O que eu não defendo é quebra do principio de isonomia que é uma garantia constitucional e do Código de Processo Penal. Isso nós temos que enfrentar”, disse Contarato.

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!