27.7 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

Casos de doações suspeitas para campanhas ultrapassam 12 mil no Brasil

Leia também

Nove de cada dez leitos para covid já estão ocupados na Grande Vitória

A Região Metropolitana, da qual a Serra, faz parte, esta com ocupação de leitos de UTI, segundo dados do...

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 7 de outubro. Foto: Divulgação

Um total de 12.172 casos de indícios de irregularidades em doações e gastos de campanha nas eleições de 2018. Este é o número apontado pelo Tribunal de Contas da União, com base na movimentação declarada à Justiça Eleitoral. 

O levantamento englobou dados até o dia 29 de setembro, um total de R$ 42.338.450,40. Entre os casos identificados como inconsistentes encontram-se, por exemplo, doadores inscritos no programa Bolsa Família, desempregados, parentes de candidatos e até mesmo mortos.doadores inscritos no programa Bolsa Família, desempregados, parentes de candidatos e até mesmo mortos.

Segundo técnicos da Justiça Eleitoral, a quantidade de casos e os valores identificados como suspeitos nesta primeira rodada de verificações são pequenos e podem ser explicados em boa parte pela predominância do financiamento público das campanhas eleitorais. Até 30 de setembro, os registros indicavam que o financiamento público correspondia a 78% dos gastos. Já o financiamento privado, equivalente aos 22% restantes, dividia-se da seguinte forma: 10% de recursos oriundos de autofinanciamento e apenas 12% oriundos de doações de pessoas físicas.

A Justiça Eleitoral utiliza os dados como informação de inteligência para o exame da prestação de contas de candidatos e partidos. Além do TCU, integram o núcleo de inteligência da Justiça Eleitoral o Ministério Público Federal (MPF), o conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), a Receita Federal (RFB) e o Departamento de Polícia Federal (DPF).

Comentários

Mais notícias

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu leitos de UTI e enfermaria...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!