Casos de dengue crescem 1.200% e município faz mutirão para combater Aedes

0
Casos de dengue crescem 1.200% e município faz mutirão para combater Aedes
Já foram registrados 1.420 casos de dengue em 2019. Foto: Agência Brasil. Foto: Agência Brasil

Os casos de dengue no município da Serra sofreram um aumento de quase 1.200% este ano, em comparação ao mesmo período em 2018. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde que pede ajuda a população para combater o mosquito Aedes aegypti, que é transmissor desta doença e também do vírus da zika e chikungunya.

No total, já foram registrados 1.420 casos de dengue em 2019, enquanto no ano passado neste mesmo período os números eram bem menores, apenas 111 casos confirmados. E para apertar o cerco contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença e também da zika e chikungunya, o município está realizando um mutirão de combate que teve início no último dia 5 e segue até o dia 22 deste mês.

Durante os mutirões, estão sendo intensificadas as ações de combate nos bairros onde há maior número de focos ou casos de dengue e nesses locais serão realizadas ações como visitas domiciliares, carro fumacê, limpeza de terrenos e utilização de bombas costais.

O mutirão já foi realizado em Nova Carapina I, Nova Carapina II, Jardim Tropical e em São Diogo II. Nesta sexta-feira (15) é dia de Barcelona receber o mutirão, e nos dias 18 e 19, Feu Rosa. Alterosas será visitada no dia 20 de fevereiro e Nova Almeida, nos dias 21 e 22.

A assessoria de comunicação do município informou que a Secretaria de Saúde já havia intensificado as ações nestes bairros, mas o mutirão será uma ação diferenciada em razão da presença de servidores da Secretaria de Serviços, que estarão na ação realizando ações de limpeza, varrição, capina e recolhimento de bens inservíveis evitando focos do Aedes aegypti.

A prefeitura pede apoio da população para que denuncie possíveis focos do mosquito transmissor através do número 3228-5394. A denúncia pode ser anônima e vale para criadouros tanto em casas como ferro-velho, empresas, entre outros locais.

Comentários