26.4 C
Serra
segunda-feira, 09 de dezembro de 2019

As variadas ‘cidades’ que existem dentro da Serra

Leia também

Após 5 horas de interdição, BR-101 é liberada na Serra

Uma manifestação de moradores deixou o trânsito caótico num trecho da BR-101 na Serra, durante a manhã desta segunda-feira...

A Igreja de Reis Magos para encantar o seu dia

A Igreja de Reis Magos é o segundo ponto turístico mais visitado do ES. O local é lindo e...

Semana começa com 179 vagas de emprego abertas na Serra

A semana do serrano está começando cheia de oportunidades de emprego na Serra. Nesta segunda-feira (9), moradores da cidade...
Odmar Péricles Nascimentohttps://www.portaltemponovo.com.br
Odmar Péricles Nascimento é sociólogo e membro da Academia de Letras e Artes da Serra

Odmar Péricles é o autor da coluna. Foto: Divulgação

O professor, doutor e geógrafo, Milton Santos, escreveu vasto conteúdo, analisando espaço urbano, seu tempo e desenvolvimento. Seu ponto de partida é que a cidade devia ser homogenia e diferente de como se apresenta: evidenciando o centro promissor com sua periferia apenas reprodutora da dura realidade social.

Ou seja, se fosse colorir a geografia da cidade, as áreas centrais brilhariam intensamente. Mas ao afastar-se desse centro, as cores vão perdendo brilho e intensidade, até que se torne fosco e quase invisível.

Numa cidade como Serra, que é desforme, quer dizer, que não se distribuiu exatamente do centro para a periferia, havendo variadas incidências com sua emergente urbanização, a territoriedade obedeceu a fatores não coincidentes com a geo-demografia do ilustre autor baiano, mestre Santos.

A Serra, aliás, não tem o tal centro promissor ou irradiador da urbanidade. Tem regiões quase autônomas, não fosse a existência da região-sede administrativa, concentradora do controle político, de gestão e do processo histórico-cultural, desde a fundação da Vila de Nossa Senhora da Conceição da Serra.

Assim é que Carapina concentra comércio automotivo e serviços de transporte, que se estende por Jardim Limoeiro, até a siderúrgica da Arcelor Mittal. Em Laranjeiras o shopping a céu aberto da cidade, com sua movimentação varejista, mais serviços de saúde e especialidades médicas. E a área expandida das indústrias de médio porte.

Jacaraípe e litorânea, com predomínio do turismo de lazer, pesca e culinária. Na maior região de conjuntos habitacionais, de Barcelona às Serra’s Dourada’s, se expande comércio local, dando autonomia a região. Além do Centro Industrial – CIVIT I.

Restando aos bairros da margem esquerda a BR-101-N (sentido Carapina pra Serra), entre Cantinho do Céu indo até Laranjeira Velha (entrecortado por José de Anchieta) os aspectos suburbanos mais próximos ao que desenhou o mestre Milton Santos.

Odmar Péricles Nascimento

Comentários

Mais notícias

A Igreja de Reis Magos para encantar o seu dia

A Igreja de Reis Magos é o segundo ponto turístico mais visitado do ES. O local é lindo e ficou ainda melhor nessa fotografia...

Semana começa com 179 vagas de emprego abertas na Serra

A semana do serrano está começando cheia de oportunidades de emprego na Serra. Nesta segunda-feira (9), moradores da cidade poderão concorrer a uma das...

Protesto faz BR-101 ficar totalmente interditada na Serra

Atualização: Após 5 horas de interdição, BR-101 é liberada na Serra  Uma manifestação de moradores está deixando o trânsito caótico num trecho da BR-101 na...

Vereador denuncia descaso com moradores de rua da Serra

Preocupado com a situação de violência contra moradores de rua, principalmente em Jardim Limoeiro e região, o vereador Cabo Porto (PSB) usou a tribuna...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!