Ajuda psicológica para superar o medo na hora de tirar carteira | Portal Tempo Novo

Serra, 21 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 21 de junho de 2018 às 10:18

Ajuda psicológica para superar o medo na hora de tirar carteira


Depois do acompanhamento psicológico, Kevin conseguiu passar na prova e obter sua carteira de habilitação. Foto: Fábio Barcelos

Gabriel Almeida

Girar a chave, engatar a marcha, acelerar e encarar o trânsito do dia a dia. Para alguns, uma tarefa normal. Para outros, um pesadelo. O medo de dirigir afeta a vida de várias pessoas e muita vezes é preciso até acompanhamento de psicólogo para superar.

O primeiro passo para quem quer aprender a dirigir é procurar uma autoescola e é lá que a pessoa começa a ter o primeiro suporte. O curso se inicia com aulas teóricas onde os alunos aprendem noções básicas de primeiro socorros e meio ambiente, direção defensiva e legislação de trânsito.

Mas e quando chega o momento de começar a aprender a dirigir na prática e a pessoa se da conta de que o medo de enfrentar o trânsito é maior que a vontade de aprender? O que os profissionais das autoescolas fazem nesses casos? A reportagem ouviu a instrutora de trânsito Cíntia Cabral, da autoescola São Francisco em Parque Residencial Laranjeiras. Ela conta que já atendeu alguns alunos com esse problema.

“Já atendi alguns alunos que tinham medo de enfrentar o trânsito e a autoescola encaminhou para um acompanhamento de um profissional psicólogo que fez algumas sessões com a pessoa e conseguiu ajudar o aluno a superar o medo”, contou Cintia.

E esse é o caso do morador de Parque Residencial Laranjeiras, Kevin Soares. Ele tirou sua carteira, mas antes teve que ter suporte de um psicólogo. Kevin conta que fez todas as aulas, mas reprovou duas vezes na prova final pois ficava muito inseguro e com medo. “Foi uma surpresa eu começar a fazer aula, pois sempre tive um pouco de receio em dirigir.Fiz as aulas de direção, mas fui reprovado por duas vezes na prova. A autoescola viu que eu deveria ser encaminhado para um psicólogo e assim foi feito. Depois de algumas sessões eu voltei a fazer a prova e passei”, explica.

Há também casos em que a pessoa tem medo da prova de trânsito. A motorista Agmar Lima Araujo é uma dela. Ela conta que ficou com trauma da prova e por isso sempre reprovava quando fazia o exame de novo. “Eu era ótima no trânsito, mas quando chegava a hora da prova eu não conseguia desenvolver e acabava reprovando. Meus instrutores perceberam a situação e me encaminharam para o psicólogo da autoescola que fez cinco sessões comigo e logo depois eu passei na prova de primeira”, disse. 

Tratamento varia de acordo com cada caso

O psicólogo, Clever Coimbra, que atende alunos encaminhados por auto escolas,  explicou que o tratamento é indicado quando a pessoa tem medo ou trauma relacionado a direção. “Quando os profissionais da autoescola percebem que o aluno não precisa de mais aulas, pois já está ótimo no trânsito, e não consegue apresentar o resultado desejado na prova, é oferecido ao aluno o tratamento que dura cinco sessões”, disse.

Clever ainda explicou que cada pessoa é um caso diferente. “Algumas pessoas realmente tem medo, outras tem algum trauma. Alguns alunos têm problemas com provas ou até ansiedade e não conseguem fazer o exame. Quando vemos isso, oferecemos o tratamento e se a pessoa aceitar ela faz”, explica.




O que você acha ?

Você pretende comprar algum produto durante a Black Friday?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por