23.9 C
Serra
quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Wanildo Sarnaglia aguarda determinação da Justiça para reassumir vaga de vereador

Leia também

Com 104 novos moradores infectados em 24h, Serra já registra 12.337 casos de coronavírus

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste...

Oportunidade: 142 vagas de emprego abertas nesta quinta na Serra

A quinta-feira (13) começa com grandes chances de conseguir uma oportunidade de emprego na Serra. Isso porque várias empresas...

Notícia boa: Serra possui mais de 11 mil pacientes curados da Covid-19

Com a diminuição nos números de mortes e casos confirmados de coronavírus, a Serra também tem registrado um aumento...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O suplente de vereador Wanildo Sarnagia. Foto: Divulgação

A defesa do suplente de vereador Wanildo Sarnaglia (Avante) prometeu para esta quarta-feira (20) dar início ao processo junto ao Tribunal de Justiça (TJ-ES) para que ele seja reintegrado ao quadro de vereadores da Serra. 

Segundo o advogado de Wanildo, Felipe Sarnaglia, a convocação consta na Lei Orgânica Municipal e no Regimento Interno da Câmara. “Após o prazo de 120 dias, a convocação do suplente deve ser feita. Aguardamos este prazo e vamos acionar a Justiça nesta terça-feira (20) para que seja cumprido o que determina a legislação”, adiantou Felipe.

Já a Câmara da Serra, em nota, informou que o Regimento Interno prevê a convocação em caso de pedido de licença feito pelo vereador. “A questão fica superada uma vez que tem decisão judicial em um sentido de aguardar nova decisão determinando o retorno. Não se pode interpretar a decisão judicial como licença. Neste caso não há licença, mas uma decisão judicial que está sendo cumprida”.

Em relação ao retorno de Wanildo, a Câmara explicou que o afastamento dele foi feito por determinação do Tribunal de Justiça. “A Câmara está cumprindo esta determinação judicial, que diz que o retorno deve obedecer ulterior deliberação do Judiciário. Se a Câmara convocar o Wanildo estaria descumprindo a determinação judicial. Não há nenhuma resistência da Casa, mas o cumprimento de uma determinação judicial, que sujeitou o retorno à ulterior determinação judicial”, afirmou.

Entenda:

Wanildo Sarnaglia foi empossado no dia 22 de maio, no lugar de Nacib Haddad (PDT), afastado por determinação da Justiça. Ele permaneceu no cargo até o dia 14 de junho, quando o desembargador José Paulo Calmon Nogueira da Gama determinou o seu afastamento.

Comentários

Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Mais notícias

Oportunidade: 142 vagas de emprego abertas nesta quinta na Serra

A quinta-feira (13) começa com grandes chances de conseguir uma oportunidade de emprego na Serra. Isso porque várias empresas abriram vagas de emprego nesta...

Notícia boa: Serra possui mais de 11 mil pacientes curados da Covid-19

Com a diminuição nos números de mortes e casos confirmados de coronavírus, a Serra também tem registrado um aumento na quantidade de pacientes que...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!