22.6 C
Serra
sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Wanildo Sarnaglia aguarda determinação da Justiça para reassumir vaga de vereador

Leia também

Corpo é encontrado em terreno de bairro da Serra

Um corpo de um homem foi encontrado em um terreno baldio no bairro Jardim Carapina na manhã desta quinta-feira...

Supermercado abre 130 vagas de emprego na Grande Vitória

Cento e trinta vagas de emprego para a Grande Vitória. O grupo Carone está contratando gerente de supermercado e...

Até caixa d´água é encontrada dentro de bueiro na Serra

De caixa d’água a pedaços de sofá. Esses são alguns dos objetos descartados incorretamente nos bueiros da Serra. Também...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O suplente de vereador Wanildo Sarnagia. Foto: Divulgação

A defesa do suplente de vereador Wanildo Sarnaglia (Avante) prometeu para esta quarta-feira (20) dar início ao processo junto ao Tribunal de Justiça (TJ-ES) para que ele seja reintegrado ao quadro de vereadores da Serra. 

Segundo o advogado de Wanildo, Felipe Sarnaglia, a convocação consta na Lei Orgânica Municipal e no Regimento Interno da Câmara. “Após o prazo de 120 dias, a convocação do suplente deve ser feita. Aguardamos este prazo e vamos acionar a Justiça nesta terça-feira (20) para que seja cumprido o que determina a legislação”, adiantou Felipe.

Já a Câmara da Serra, em nota, informou que o Regimento Interno prevê a convocação em caso de pedido de licença feito pelo vereador. “A questão fica superada uma vez que tem decisão judicial em um sentido de aguardar nova decisão determinando o retorno. Não se pode interpretar a decisão judicial como licença. Neste caso não há licença, mas uma decisão judicial que está sendo cumprida”.

Em relação ao retorno de Wanildo, a Câmara explicou que o afastamento dele foi feito por determinação do Tribunal de Justiça. “A Câmara está cumprindo esta determinação judicial, que diz que o retorno deve obedecer ulterior deliberação do Judiciário. Se a Câmara convocar o Wanildo estaria descumprindo a determinação judicial. Não há nenhuma resistência da Casa, mas o cumprimento de uma determinação judicial, que sujeitou o retorno à ulterior determinação judicial”, afirmou.

Entenda:

Wanildo Sarnaglia foi empossado no dia 22 de maio, no lugar de Nacib Haddad (PDT), afastado por determinação da Justiça. Ele permaneceu no cargo até o dia 14 de junho, quando o desembargador José Paulo Calmon Nogueira da Gama determinou o seu afastamento.

Comentários

Mais notícias

Supermercado abre 130 vagas de emprego na Grande Vitória

Cento e trinta vagas de emprego para a Grande Vitória. O grupo Carone está contratando gerente de supermercado e atacarejo, encarregado de setor, auxiliar...

Até caixa d´água é encontrada dentro de bueiro na Serra

De caixa d’água a pedaços de sofá. Esses são alguns dos objetos descartados incorretamente nos bueiros da Serra. Também podemos destacar: portas de guarda...

Conta de luz mais barata: Câmara aprova redução de taxa de iluminação na Serra

Que o valor da conta de energia é de assustar o bolso do capixaba, disso ninguém discorda. Porém um Projeto de Lei (PL) aprovado...

Chuva faz BR-101 ficar cheia de buracos e Eco não diz quando vai consertar | Veja vídeo

https://youtu.be/wDvBgF5LzCE Após as fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo desde a semana passada, o trecho que corta a Serra da BR-101 está cheio de...

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!