27 C
Serra
terça-feira, 31 de março de 2020

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Leia também

Ceturb apresenta nesta quarta-feira plano de ação para evitar aglomerações nos terminais

Guardas municipais e agentes da Polícia Militar devem atuar nos terminais rodoviários da Grande Vitória para impedir aglomerações. Essa...

Coronavírus na Serra: casos confirmados sobem para 14

A Serra tem 14 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB) no início...

Rodrigo Caldeira está a um pé de deixar o partido de Audifax para se filiar no PDT de Vidigal

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira está próximo de fazer uma curva de 180° e se filiar...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

PM nas ruas de Vitória. Foto: Divulgação

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de alerta. Temem que a violência cruze as fronteiras dos dois municípios.

A reportagem do Tempo Novo procurou lideranças da cidade, a fim de ouvir suas avaliações e sugestões para evitar que a Serra também seja alvo da onda de violência. Uma delas foi o vereador Cabo Porto (PSB), que além de vereador é policial Militar. Ele se disse preocupado com a possibilidade de a violência chegar à Serra.

“Hoje o Bairro da Penha é a maior transação de bocas de fumo do Estado do Espírito Santo. A maior fonte rentável de boca de fumo no Espírito Santo. O bairro funciona como uma matriz, onde tem as filiais. Filiais essas como Parque das Gaivotas, Bairro das Laranjeiras, Bairro de Fátima, Hélio Ferraz, Planalto Serrano e algumas segmentações, algumas filiais. Se não fizer o primeiro tratamento do câncer, o tráfico é um câncer, como no corpo humano; está, sim, um fato real, porque hoje, até mesmo por fazer parte da fronteira, divisa de municípios. Então existe, sim, uma situação real de Bairro de Fátima e Helio Ferraz”, avaliou.

E sugeriu medidas para conter a violência. “O que precisa ser feito é a força policial toma conta e providencia agora, para acalmar a sociedade e, para isso, não espalhar no município afora o que explodiu em Vitória. Major Vernek esteve comigo agora, secretário de Defesa municipal; ele se reuniu com o coronel Tavares, do comando do Sexto Batalhão, está indo para o QCG (Comando da Polícia Militar), onde situações graves de emergência á estão sendo tomadas para combater a matriz e as filiais. Claro que existem mais filiais em Vitória, no Bairro da Penha. Porém como estamos falando sobre a Serra, vamos abordar as nossas filiais. É fato real sim, e o tratamento dessa situação emergencial já está sendo colocado em prática, inclusive com Força Tática, do Sexto Batalhão, Regimento de Polícia Montada e muito mais. Agora estou indo para Bairro de Fátima para ouvir comerciantes e moradores”, adiantou.

Comentários

Mais notícias

Coronavírus na Serra: casos confirmados sobem para 14

A Serra tem 14 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB) no início da noite desta segunda-feira (30)....

Rodrigo Caldeira está a um pé de deixar o partido de Audifax para se filiar no PDT de Vidigal

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira está próximo de fazer uma curva de 180° e se filiar no PDT, do deputado federal,...

AO VIVO | Casagrande anuncia novas medidas contra o coronavírus

https://www.youtube.com/watch?v=ypBojnu5huk O governador Renato Casagrande (PSB) está concedendo uma coletiva de imprensa no final desta segunda-feira (29) para anunciar novas medidas contra o avanço do...

Coronavírus avança e ES registra primeiros casos de transmissão comunitária

O Espírito Santo registrou os primeiros casos de transmissão comunitária, ou seja, a Secretaria de Estado de Saúde não consegue identificar a origem da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem