22.5 C
Serra
quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Vereadores e deputados devem abrir mão do recesso de julho

Leia também

Quer emprego? Empresas abrem 140 vagas de trabalho nesta quarta na Serra

Quem está procurando uma oportunidade de trabalho deve ficar atento. Isso porque várias empresas abriram vagas de emprego nesta...

PP oficializa pré-candidatura de Luciana Malini à Prefeitura da Serra

"Somos a mudança". Esse é o mote da pré-candidatura do PP à Prefeitura da Serra. A legenda aposta na...

Operação policial integrada gerou 30 autos de infração de trânsito na Serra

Um acusado de homicídio foi detido na manhã desta terça-feira (11) durante a Operação Vulcano, parceria da Prefeitura da...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Durante a pandemia, a Câmara da Serra está realizando sessões às quartas-feiras.

Vereadores da Serra devem abrir mão do recesso parlamentar de julho, marcado para ter início nesta quarta-feira (15). O grupo ligado ao presidente da Câmara, Rodrigo Caldeira, defende a manutenção dos trabalhos, sem interrupção para o recesso. Atualmente, em função da pandemia do novo coronavírus, a Câmara tem se reunido às quartas-feiras, em sessões fechadas para a galeria.

A Assembleia Legislativa deve manter as sessões durante o período destinado ao recesso parlamentar. A deputada Janete de Sá (PMN) solicitou ao presidente Erick Musso (PRB) a suspensão do recesso e alguns deputados fazem coro à iniciativa da parlamentar.

É o caso de Bruno Lamas (PSB). Ele defende a manutenção dos debates e votações virtuais. “Sou contra o recesso. O que propus inclusive foi o retorno de todos os trabalhos da Ales, inclusive das sessões, no mínimo no formato híbrido e com devidos protocolos de saúde pública obedecidos. A Ales está fechada ao público desde março e custa milhões de reais por mês à população. Como diz na linguagem popular: “Bora trabalhar que tem muito mato pra capinar”, opinou Lamas.

O deputado Alexandre Xambinho (PL) disse por meio de nota que é favorável ao cancelamento do recesso de julho. “Neste momento em que a população enfrenta profunda crise sanitária e econômica, nós deputados estaduais devemos continuar firmes no encaminhamento de ações que ajudem na superação deste momento tá difícil para a sociedade”.

A assessoria do deputado Vandinho Leite (PSDB) foi procurada, mas até o momento não se pronunciou sobre o assunto.

Comentários

Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Mais notícias

PP oficializa pré-candidatura de Luciana Malini à Prefeitura da Serra

"Somos a mudança". Esse é o mote da pré-candidatura do PP à Prefeitura da Serra. A legenda aposta na experiência e na sensibilidade de...

Operação policial integrada gerou 30 autos de infração de trânsito na Serra

Um acusado de homicídio foi detido na manhã desta terça-feira (11) durante a Operação Vulcano, parceria da Prefeitura da Serra com o Corpo de...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!