Vereadores da Serra vão a Brasilia buscar investimentos para saúde e mobilidade urbana

0
Vereadores da Serra vão a Brasilia buscar investimentos para saúde e mobilidade urbana
Os vereadores Ailton Rodrigues, Aecio Leite e Basilio da Saúde foram a Brasilia esta semana. Foto: Divulgação

Saúde e mobilidade urbana são as demandas que os vereadores da Serra, Ailton Rodrigues (PSC), Aecio Leite (PT) e Basílio da Saúde (sem partido) foram defender em Brasilia nesta semana. Os três estão na capital federal desde a última terça-feira (10), em busca de destravar investimentos federais para a cidade.

O grupo se reuniu com deputados federais da bancada capixaba, como Sergio Vidigal (PDT), Amaro Neto (PRB), Helder Salomao (PT) e Ted Conti (PSB).

Segundo o vereador Ailton Rodrigues, o Pastor Ailton, uma das agendas foi com o ministro da Saude, Luiz Henrique Mandetta. “Conversamos com o ministro para viabilizar recursos para projetos específicos na área da saúde, projeto para implantação de um centro de diagnóstico por imagem. Falamos ainda sobre a implantação de um centro de hemodiálise na Serra, devido ao número de pacientes que fazem hemodiálise fora do município”.

Já o vereador Basílio da Saúde aproveitou a viagem para viabilizar uma das bandeiras do seu mandato. Trata-se do PADH, Programa de Acompanhamento aos Diabéticos e Hipertensos do município. No programa, cujos detalhes foram apresentados pelo vereador, estão previstos cartões de identificação com todas as informações sobre o paciente. Esse cartão é utilizado para agendamento de consultas médicas. Também são previstos no programa profissionais especializados para atendimento, como educadores físicos, cuidadores, clínica médica; além de especialistas como pediatra, cardiologista, endocrinologista, nutricionista, enfermeiro, assistente social e fisioterapeuta.

“Hoje 70% dos atendimentos a pacientes nas Unidades de Saúde e UPAs são decorrentes da Hipertensão e Diabetes. O projeto visa fazer um atendimento domiciliar com Agentes de saúde treinados e capacitados para atender com qualidade os pacientes. Até mesmo remoção para pacientes acamados, para fazer exames complexos. Teremos coleta de sangue na residência do paciente”, adiantou Basílio.

Outra demanda apresentada foi para a captação de recursos visando a implantação de um centro de especialidades médicas na Serra. “Atualmente uma consulta com especialista dura de 6 meses a dois anos”, apontou Basílio.

“Sentamos com a bancada capixaba, que se prontificou de apresentar emenda para viabilizar um centro de diagnóstico por imagem e um centro de especialidades médicas na Serra”, disse Aecio

Neta quinta-feira (12), os três têm reunião com a ANTT “para discutir dois temas: o trecho de Campinho a Nova Carapina e um redutor de velocidade no trevo da Serra sede”, adiantou o vereador.

Comentários
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.