• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
30.2 C
Serra
sexta-feira, 22 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Vereadores da Serra nomeiam parentes em seus gabinetes com salários de até R$ 4 mil

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Pablo Muribeca (à esquerda) e Alex Bulhões são novatos na Câmara da Serra. Foto: Divulgação

Apesar da aparente renovação na Câmara da Serra, com a eleição de 18 novos vereadores, as práticas no Legislativo serrano seguem como outrora. Basta dar uma olhada nas nomeações que estão sendo feitas para os gabinetes; onde estão listados primos, cunhados e outros assessores que têm grau de parentesco com os vereadores eleitos. O TEMPO NOVO optou por não publicar os nomes e citá-los apenas por iniciais.

É o caso do estreante Pablo Araújo Muribeca (Patriota), em cujo gabinete constam as nomeações de primos. O parlamentar nomeou como chefe de Gabinete o primo E.A.B., com o salário de R$ 4.581,72.

Pablo teria parentesco ainda com L.A.M., que ocupa a função de Agente GRP, nível I, com o salário de R$ 2.930,01.

O vereador foi procurado, mas não retornou aos contatos da reportagem para comentar as nomeações.

Outro novato, Professor Alex Bulhões (PMN), também levou parte dos parentes para o Parlamento. Ele nomeou W.S.B. para o cargo Auxiliar CRP, nível I, cujo salário é de R$ 1.703,73. Também nomeou W.N.B. para exercer o cargo de Adjunto GRP, nível I, com salário de R$ 2.229,27.

Todas as nomeações aconteceram entre os dias cinco e oito de janeiro; mas o Diário Oficial dos Municípios continua listando novos contratados.

Alex Bulhões foi procurado e comentou que nomeou os primos e que a Lei não permite a nomeação de irmãos, mas sim de primos e outros.

“Sim, são do meu gabinete. E as nomeações estão em consonância com que a lei permite. Dois deles com experiência de assessoria parlamentar e Dr. Willian prestando assessoria jurídica”, destacou.

A reportagem está acompanhando as nomeações e assim que confirmar novos parentes no Legislativo serão publicados aqui.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!